Huawei Mate 20 Pro desaponta no final do teste de Jerry Rig Everything

Rui Bacelar
Huawei Mate 20 Pro smartphone Android
O smartphone Android topo de gama mostrou-se resistente em alguns aspectos, noutros nem tanto...

O Huawei Mate 20 Pro é o mais recente topo de gama da fabricante Android sediada na China e em Portugal custa 1049,00€. Representa tudo aquilo que de melhor a 2ª maior fabricante mundial de dispositivos móveis consegue fazer atualmente.

É também um dos principais candidatos a smartphone do ano, competindo diretamente com o Samsung Galaxy Note 9. Todavia, quão resistente é este smartphone Android completamente revestido por vidro? Aqui claro, sem esquecer a sua estrutura metálica.

Vê ainda: Estados Unidos apelam ao boicote geral dos produtos Huawei

É isso mesmo que pretende apurar o senhor Zach, responsável pelo canal de YouTube Jerry Rig Everything. Aí, o nosso apresentador submete os dispositivos móveis a uma série de testes e protocolo com o intuito de apurar a sua durabilidade.

Em suma, está na hora de ver se este novo Huawei Mate 20 Pro aguentará todos os rigores do dia-a-dia. De que forma é que a sua construção em vidro poderá, ou não, ser um eventual risco para a sua durabilidade?

O Huawei Mate 20 Pro surpreende, e depois...

Note-se, contudo, que o típico utilizador dificilmente fará passar o seu smartphone por todos estes rigores. Todavia, continua a ser relevante ver o comportamento do dispositivo. Temos testes que visam aferir a resistência e dureza do ecrã. Temos testes que visam aferir a ductibilidade do smartphone e a sua resistência à aplicação de força. Temos também o teste da chama que visa aferir o comportamento do ecrã perante uma fonte de calor. Eis o teste completo, em vídeo ao novo Huawei Mate 20 Pro:

Em primeiro lugar, o Huawei Mate 20 Pro construído em vidro Gorilla Glass da Corning, de geração não especificada. Conta também com uma estrutura metálica para lhe conferir mais solidez bem como certificação IP68 que o torna à prova de água.

Algo que surpreende o apresentador é a textura do vidro traseiro utilizado pela Huawei no seu novo smartphone Android. Algo que acaba por produzir um peculiar som e se revela extremamente resistente a riscos bem como impressões digitais.

Vê ainda: Apple iPad Pro dobra que nem manteiga e falha no Bendtest

Todavia, quando Zach aplica pressão à traseira do Huawei Mate 20 Pro temos uma chocante desilusão. O vidro frontal do smartphone, ligeiramente curvo nas suas laterais, estilhaça catastroficamente.

Quase perfeito ou será um smartphone Android demasiado elegante?

Ainda assim, prestando um pouco de atenção às leis da física vemos que o facto de o vidro estar tão esticado e ligeiramente curvo nas laterais o coloca sob acrescida tensão. Quando esta é exacerbada durante o teste, a resistência do vidro não é a suficiente para contrariar a força aplicada.

Importa mesmo assim frisar que ambas as superfícies se mostram bem resistentes a riscos. Aqui com particular destaque para a sua traseira. Todavia, não experimentes dobrar o Huawei Mate 20 Pro, o resultado será muito pouco agradável.

Em suma, o smartphone Android é muito bem construído. É elegante e perfeitamente esbelto, ainda que não seja totalmente imune aos rigores do dia-a-dia.

Editores 4gnews recomendam:

Como ligar o telemóvel à TV para ver conteúdos no “grande ecrã”

Os melhores processadores para PC para diferentes utilizadores em 2018

Os melhores tablets e como escolher o modelo certo em 2018

Fonte

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).