Homem compra 300 Apple iPhone, é roubado ao sair da loja

Rui Bacelar
Comentar

O caso teve lugar nos Estados Unidos da América, mais concretamente em Nova Iorque, na famosa 5.ª avenida em Manhattan. Em causa estavam 300 Apple iPhone acabados de comprar numa das lojas mais icónicas do mundo, a Apple Store cubo de vidro.

Pouco após sair do recinto, o homem foi roubado com particular violência, ficando sem 125 dos 300 telefones que acabara de comprar, causando-lhe um prejuízo patrimonial imediato em cerca de 100 mil euros.

Cerca de metade dos Apple iPhone foram roubados à porta da Apple Store

Apple Store Manhattan Fifth Avenue
A icónica Apple Store localizada em Manhattan, na Fifth Avenue.

As grandes cidades trazem sempre perigos acrescidos. Aliás, não é propriamente novidade que, com o cair da escuridão, devemos ter sempre cuidados acrescidos com o que mostramos e transportamos na nossa pessoa, sob pena de atrair atenções indesejadas.

Especialmente se aquilo que temos connosco, forem 300 Apple iPhone, ainda na caixa e acabados de sair da Apple Store. Perante tamanha tentação, óbvia pela dimensão dos sacos em que transportava os produtos, o desfecho infeliz não surpreende.

Foi na "grande maçã", pouco após ter saído da Apple Store localizada em Manhattan, na Fifth Avenue, que um indivíduo do sexo masculino foi violentamente agredido durante um roubo. Em poucos segundos, a vítima perderia cerca de 100 mil euros em smartphones iOS que acabara de comprar.

Vítima terá saído da Apple Store perto das 2 da madrugada com 300 telefones

The victim put up a fight, sparking a struggle in which he was punched in the nose. The bag contained 125 iPhones worth $95,000. https://t.co/k2qBwXImo1

— pradt (@pradt) 30 de novembro de 2022

O caso foi primeiramente noticiado pela publicação Audacy, tendo a Polícia de Nova Iorque tomado conta da ocorrência na manhã seguinte. A queixa foi apresentada por um homem de 27 anos que, pouco após ter saído da Apple Store, foi alvo de um roubo e de agressões físicas.

Ao que tudo indica, a vítima teria adquirido as várias unidades de Apple iPhone, cerca de 300 telefones, com o intuito de os revender na sua loja. Note-se que esta Apple Store está aberta 24 horas, com um dos trabalhadores a registar a venda de 300 unidades de Apple iPhone 13 em três sacos distintos.

Assim que a vítima saiu da Apple Store para colocar as compras no carro, um outro veículo terá parado e exigido, de imediato, que a vítima lhe entregasse os sacos. Segui-se uma tentativa de resistência, com os meliantes a agredir de forma rápida e violenta a vítima.

O incidente acabou com a perda de 125 unidades de Apple iPhone 13 que haviam sido colocados pouco antes num saco pelo trabalhador da Apple Store. A perda foi avaliada em 95 mil dólares, cerca de 95 mil euros à atual taxa de conversão.

Felizmente, a vítima não cuidados médicos sérios. Por fim, de acordo com o testemunho da própria vítima, a escolha da hora foi propositada, pois aquela hora circulam menos pessoas nas redondezas. A polícia local está agora a trabalhar no caso.

Por fim, numa nota não relacionada, as Apple Store têm sido alvo crescente de furtos em vários pontos dos EUA.

Society is so broken in California that employees are basically trained to help assist tens of thousands of dollars of merchandise being stolen right in front of them (notice them holding customers back) as everyone else just stands around and watches.How did we get here? pic.twitter.com/DBbWQJV3sk

— K A L E O (@CryptoKaleo) 30 de novembro de 2022

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt