Hand ID: tecnologia do LG G8 ThinQ é tão inútil quanto promissora

Bruno Coelho

Vamos fazer já de início uma observação sobre a LG. A equipa de marketing do segmento mobile da gigante sul-coreana deixa a desejar. Não sei se o objetivo é não vender dispositivos, mas a verdade é que a LG parece não se interessar muito em passar ao lado dos holofotes de eventos como o Mobile World Congress.

Aliás, esta péssima estratégia de marketing da marca reflete-se nas vendas dos seus dispositivos. Ademais, uma das piadas mais usadas por utilizadores por essa internet fora é de que vão esperar 6 meses para comprar este LG G8 ThinQ a metade do preço. ThinQ - até no nome a marca complica.

Imagem: Lori Grunin/CNET

Contudo, este artigo é também para elogiar a marca. Ou melhor, para elogiar um passo que esta pode estar a dar e que poderá será copiado no futuro. Embora agora o vejamos como algo que poderemos considerar entre o ridículo e o estranho. Estamos a falar do Hand ID.

O Hand ID é dos poucos destaques do LG G8 ThinQ

Sucintamente, esta tecnologia usa a câmara frontal e o sensor infravermelhos para fazer um ‘scan’ às veias da tua mão e ao teu fluxo sanguíneo. Assim, conseguirás desbloquear o smartphone dessa forma. Neste vídeo do Mr. Mobile podes ver a tecnologia em prática. Contudo, devemos ter atenção que o LG G8 utilizado é um modelo de testes, mais sujeito a falhas.

Basicamente, colocamos o smartphone em cima da mesa, aproximamos a palma da mão e fica assim desbloqueado. Esta tecnologia aparece, inegavelmente, para ajudar em situações em que não queremos tocar no smartphone com as mãos sujas ou molhadas. Por exemplo, na casa de banho ou na cozinha.

O Hand ID parece uma autêntica 'gimmick'

Ainda assim, e por estar numa fase embrionária, parece-nos neste momento uma tecnologia um pouco inútil. Podemos, com efeito, catalogá-la de ‘gimmick’. Tendo em conta que já temos smartphones à prova de água, porque não tocar no ecrã. Aliás, além de desbloquear o dispositivo, o Hand ID permite-te abrir ou ajustar o volume de uma app, como o Youtube.

Imagem: Lori Grunin/CNET

Em síntese, esta é uma tecnologia embrionária. Parece inútil, mas quem sabe não possa estar aqui uma ideia promissora que os concorrentes da LG vão replicar? Podemos no próximo ano ver algumas das grandes marcas anunciar o ‘Ultronosic Hand ID’? Por essa altura talvez mudemos de ideias e o que agora é inútil passa a ser inovação. O tempo o dirá.

Editores 4gnews recomendam:

Ryzen Mobile: AMD lança finalmente novas drivers para a plataforma

Nokia 3.1 Plus começa finalmente a receber a atualização do Android Pie

Será que o OnePlus 7 chegará com este tipo de ecrã?

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.