Dica: usa o Google Sheets para gerir as tuas finanças com esta ferramenta

Rui Bacelar
Comentar

O Google Sheets é uma das mais populares plataformas de produtividade disponibilizadas gratuitamente pela Google. É também uma das mais versáteis ao permitir a integração de vários plug-ins como é o caso deste novo gestor para as tuas finanças.

Criado para facilitar o acesso às informações das contas bancárias, a ferramenta da Nordigen permite ao utilizador gerir as suas finanças de forma gratuita nesta plataforma de trabalho. Trata-se de uma ferramenta grátis, de uso relativamente simples e, sobretudo, regulada na Europa pela PSD2 (revised Payment Services Directive).

Para quem, porventura, quiser ou precisar de aceder a algumas informações das respetivas contas bancárias através do Google Sheets, deixamos agora esta dica / tutorial.

Tira mais proveito do Google Sheets para gerir as finanças em 3 passos

1. Cria uma conta de utilizador na Nordigen.com. Para tal, basta aceder ao portal de Open Banking da Nordigen e criar um token para realizar a ligação à tua conta bancária através do serviço desta empresa.

2. Copia o template do Google Sheets. De modo a simplificar a implementação da ferramenta, bastará fazer o download do template do Google Sheets criado pela startup para este efeito. Em seguida, após o download do ficheiro, podemos editar tudo o que for necessário.

3. Dar seguimento às instruções apresentadas template do Google Sheets. Por fim, após ser criada a conta nesse serviço e colocado o token no ficheiro do Google Sheets, teremos então acesso às respetivas contas bancárias.

Há 3 utilidades principais nesta dica para o Google Sheets

1. Inteirar-te de todas as transações numa só plataforma, além de ser possível efetuar cálculos tirando partido das fórmulas do Sheets.

2. Criar categorias com base nas necessidades do utilizador. É possível criar categorias para várias despesas de modo a organizar melhor as finanças.

3. Vigiar os orçamentos. Podemos fazer uma monitorização dos orçamentos com o passar do tempo e prever despesas futuras.

Para os programadores e partes interessadas, é possível encontrar a ferramenta grátis da Nordigen no Github, possivelmente o maior repositório de código do mundo. Aí, podem também personaliza-lo para dar resposta às necessidades de cada utilizador.

Explorar o conceito de Open Banking, esta é a proposta da Nordigen

🏦How does business lending benefit from #openbanking?✅Enables automated #bank statement collection✅Provides data on debit and cash flow profiles✅Helps understand the #financial health of a #business🚀Find out more in our latest blog.https://t.co/Uct1lIqpV0

— Nordigen (@nordigen) 9 de setembro de 2021

Em primeiro lugar, esta ferramenta foi desenvolvida pela Nordigen, uma startup sediada na Letónia, fundada por Roland Mesters e Roberts Bernans. Em seguida temos também a sessão de Q&A com os fundadores da startup aclarando algumas das questões.

Nota-se que a ferramenta em questão funciona com contas pessoais e/ou empresariais com diversas instituições bancárias. Na Europa, a jovem empresa já conseguiu conquistar a confiança de mais de 1 000 instituições bancárias.

Mais concretamente, em Portugal já são 29 bancos a suportar o seu serviço, entre os quais destacamos as seguintes instituições:

  • BBVA
  • Banco ActivoBank
  • Banco Atlântico Europa
  • Banco BPI
  • Banco CTT
  • Banco Português de Gestão
  • Banco Santander
  • Banco de Investimento Global
  • Bankinter
  • COFIDIS
  • Novo Banco
  • Revolut
  • PayPal
  • N26 Bank
  • Cetelem
  • Millennium BCP

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.