Google desenvolve um reCAPTCHA que promete não irritar utilizadores

Vitor Urbano
Google reCAPTCHA v3
Google reCAPTCHA v3 promete acabar com os desnecessários testes de verificação

Já há algum tempo que se tornou habitual termos de passar certos "testes" de verificação na grande maioria dos sites. Estes testes, usualmente referidos como 'Google reCAPTCHA', servem para distinguir utilizadores reais de bots.

Com o crescer da sua implementação e várias outras modificações, acabaram por se tornar uma verdadeira dor de cabeça. Especialmente por colocarem muitas vezes "puzzles" e questões aos utilizadores, fazendo perder tempo muitas vezes precioso.

Vê ainda: Google Maps: Nova atualização dá-te ainda mais poder de personalização

Agora, a Google anunciou o lançamento do novo reCAPTCHA v3, concebido para reduzir drasticamente a sua intrusividade na experiência dos utilizadores. O grande objectivo da empresa é conseguir reduzir gradualmente o número de "testes" apresentado, até que estes deixem de existir por completo.

O reCAPTCHA da Google tem evoluído bastante ao longo dos últimos tempos, tentando acompanhar o máximo possível a evolução paralela dos bots utilizados. Para isso, foram implementadas várias novas medidas de identificação. Sendo que uma das mais irritantes é sem dúvida o reconhecimento de objetos em imagens.

Google reCAPTCHA v3 promete tentar abandonar por completo todos os 'testes' mais irritantes

Esta nova versão da API do reCAPTCHA da empresa de Mountain View vai colocar nas mãos dos gestores de websites várias novas ferramentas. Que vão ajudar de forma ativa a eliminar o risco de serem visitados por bots. Oferecendo ao mesmo tempo uma experiência muito menos intrusiva para os utilizadores.

Com o reCAPTCHA v3, o seu posicionamento vai muito mais além da página de login. Conseguindo analisar de forma mais completa todas as ações do utilizador/bot. Assim, vai conseguir registar uma pontuação entre 0.0 e 1.0, de forma a classificar o quão suspeita poderá ser a interação no site.

Google reCAPTCHA v3

A API pode ser personalizada de várias formas, como por exemplo determinar várias 'regras' que determinem se um determinado visitante deverá passar por um processo extra de verificação ou não. Podes ver todas as novidades na publicação oficial no blog da Google.

Por fim, o que mais interessa a todos nós, é o facto de que em breve os reCAPTCHA que envolvem irritantes 'testes' de verificação com palavras distorcidas ou puzzles desnecessários poderão finalmente deixar de existir.

Editores 4gnews recomendam:

Waze recebe nova funcionalidade para se manter a par do Google Maps

Google está a adicionar mais notches ao Pixel 3 XL! (Por engano)

Google Play Store: 18 aplicações Premium estão grátis em tempo limitado

Fonte | Via

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.