Google Pixel 3 XL Lite poderá chegar com Snapdragon 710 no interior

Carlos Oliveira

Os rumores sustentam que a Google nos possa dar variantes Lite dos seus novos topos de gama. Com efeito, teríamos direito a um Google Pixel 3 XL Lite e um Pixel 3 Lite. Facto é que, a ser tudo isto verdade, o primeiro deles chegará com o processador Snapdragon 710.

Esta informação surge depois de este smartphone ter passado pela plataforma Geekbench. Assim sendo, ficamos a saber qual o processador que dará todo o poder a este smartphone, bem como os seus 6GB de RAM.

Google Pixel 3 XL Lite

Esta informação foi vista pela publicação The Android Soul. Temos então, nesta plataforma de benchmaks, um equipamento com a designação Foxconn Pixel 3 XL. É verdade que não temos qualquer referência à Google neste dado, muito menos a um modelo Lite. Mas vou já explicar o porquê desta conclusão.

Google Pixel 3 XL Lite virá com o processador Qualcomm Snapdragon 710

Em primeiro lugar, notar que é a asiática Foxconn quem constrói os smartphones para a Google. Aliás, os Pixel 3 foram precisamente construídos por esta empresa. Portanto, faz todo o sentido que seja esta a encarregue pela mesma tarefa para os modelos Lite.

Em segundo lugar, a presença do processador Qualcomm Snapdragon 710 mostra-nos que este Google Pixel 3 XL Lite não é um topo de gama. A sua pontuação de 1805 em single-core e 5790 em multi-core são prova disso mesmo.

Estes são resultados muito mais em linha com equipamentos de gama média alta. Por exemplo, o Xiaomi Mi 8 SE, com o mesmo Snapdragon 710, foi capaz de registar uma pontuação de 1827 e 5725 nos mesmos testes.

Um equipamento que ainda se encontra em fase de testes

Em suma, todos estes dados mostram-nos que a gigante norte-americana poderá estar mesmo a desenvolver novos smartphones. O facto de este ainda não aparecer com a designação Google corrobora o facto de tratar-se ainda de um protótipo.

A juntar-se a este modelos teremos ainda um Pixel 3 Lite, com um processador Qualcomm Snapdragon 660. Ou seja, temos aqui dois modelos para competir num mercado totalmente diferente dos Pixel 3.

As motivações que levarão a Google a entrar neste segmento de mercado são ainda duvidosas. Todos sabemos que não é pelos smartphones que a empresa de Mountain View sobrevive. Ainda assim, tudo aponta para que a gigante queira olhar de forma mais séria para este mercado nos próximos tempos.

Editores 4gnews recomendam:

Assistente Google prepara-se para chegar à Pesquisa Google

Samsung Galaxy S10 Plus terá uma grande bateria mas será bem fino!

O Xiaomi Redmi Note 7 chega às lojas online e não é assim tão apelativo

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.