Google lança finalmente a sua alternativa à palavra-chave para Android e Chrome

Carlos Oliveira
Comentar

As palavras-chave são um componente essencial na vida digital, mas também uma das nossas maiores fraquezas. Ciente desse paradigma, a Google lidera o caminho para um futuro sem este tipo de credenciais com o lançamento das chaves de acesso.

Este é um novo mecanismo de autenticação que a tecnológica americana começa agora a disponibilizar para o Android e Chrome. Os primeiros a aceder a esta novidade serão os programadores para que possam adaptar os seus serviços a este futuro.

Chaves de acesso chegam pela mão da Google para substituir as palavras-chave

Esta importante novidade foi dada hoje a conhecer através do blog oficial da Google. A tecnológica americana está confiante que esta será a melhor solução para qualquer utilizador e que prevenirá muitas quebras de segurança.

Google

"As chaves de acesso são um substituto significativamente mais seguro para as palavras-chave e outros fatores de autenticação sujeitos a phishing. Elas removem os riscos associados à reutilização de palavras-chave e violações do banco de dados de contas e protegem os utilizadores de ataques phishing."

As chaves de acesso agora disponibilizadas pela Google tornarão as tradicionais palavras-chave obsoletas. O novo mecanismo de autenticação estará armazenado no smartphone do utilizador, obedecendo a vários critérios de segurança e privacidade reconhecidos por entidades como a FIDA Alliance e World Wide Web Consortium.

Na criação de uma chave de acesso, os utilizadores poderão associar o seu registo de impressão digital, reconhecimento facial ou o desbloqueio de ecrã do seu smartphone. Assim, sempre que desejarem aceder a um serviço, esse passará o seu método de autenticação.

Simplificando o conceito, imagina que queres aceder à tua conta numa rede social. Se esta suportar as chaves de acesso da Google, poderás usar a tua impressão digital ou tecnologia de reconhecimento facial do teu smartphone para entrar na tua conta.

Google

Ainda mais satisfatório será o facto de este mecanismo de segurança funcionar em diversas plataformas. Tudo funcionará quer em diferentes browsers, como em diferentes sistemas operativos.

Para permitir essa realidade, também a Apple e Microsoft partilham desta visão para o futuro da segurança informática. Será, portanto, uma questão de tempo até que também estas empresas disponibilizem as suas novas soluções de autenticação.

O anúncio agora feito pela Google dirige-se, em primeiro lugar, aos programadores para que estes possam incorporar este novo mecanismo nos seus serviços. Os canais estáveis irão receber este suporte até ao final deste ano.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.