Google confirma que ouve a grava as tuas conversas com a Google Assistant

Bruno Coelho
Comentar

A Google veio a público defender a prática de deixar funcionários ouvir as gravações de conversas de utilizadores com a Google Assistant. A resposta chega depois da estação pública belga VRT NWS ter revelado como funcionários contratados no país ouvem gravações, muitas vezes comprometedoras, e algumas gravadas por engano.

Numa publicação no seu blogue, a Google explica o processo de revisão e transcrição das gravações, que serve uma “melhor compreensão dos idiomas disponíveis”. A Google é parceira de vários especialistas em linguagem que analisam as “nuances e sotaques” de uma linguagem em específico e defende a audição das conversa como parte importante do processo.

Processo é obrigatório para a criação de produtos como a Google Assistant

A Google afirma que esta é uma parte importante de construir tecnologia de linguagem. E como tal, a audição destas gravações é necessária para que produtos como a Google Assistant possam ser criados e posteriormente aprimorados.

A empresa garantiu vai agir contra a fonte que publicou os dados confidenciais com a VRT NWS. Além disso, está a conduzir uma total revisão ao sistema para que divulgações como esta não voltem a suceder.

Funcionários ouvem 0,2% de todas gravações disponíveis

Tal como foi revelado pela VRT NWS, a Google afirma no comunicado que os funcionários ouvem apenas 0,2% de todas as gravações disponíveis. Essas gravações “não estão associadas a contas de utilizadores”, e “os funcionários são incutidos a não transcrever conversas de fundo e outros barulhos, mas apenas o que é direcionado à Google”.

Google confirma conversas gravadas por engano

É reafirmado que a Assistente apenas envia áudio para Google quando são ativados os comandos de voz como o “Hey, Google”, ou quando esta se ativa fisicamente. No entanto, a Google admite que “raras vezes” pode sofrer-se daquilo a que a Google chama de “falsa aceitação”.

Na prática, a falsa aceitação é aquilo que também foi divulgado pela VRT NWS. Ou seja, o sistema pode muitas vezes interpretar barulhos de fundo como passíveis de serem gravados por engano. No entanto, a Google diz que tem “várias proteções” para que tal não aconteça.

A Google adverte para o facto de ser possível desligar o armazenamento de áudio na tua conta Google completamente, ou então apagar os dados automaticamente a cada 3 ou 18 meses. Se visitares a tua conta Google podes rever e, caso pretendas, apagar todos os dados de atividade gravados na tua conta. Em baixo, deixo-te a reportagem da VRT NWS (legendada em inglês), que deu azo a este comunicado.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.