Google Chrome vai receber recursos há muito desejados pelos utilizadores

Mónica Marques
Comentar

O navegador Web mais utilizado é intuitivo na utilização, mas gasta muita energia de bateria e ocupa uma quantidade significativa de memória RAM.

Mas, graças aos novos recursos que vai receber, o Google Chrome vai ser mais poupado nestas questões, respondendo aos desejos de muitos utilizadores.

Google Chrome: novos recursos poupam a bateria e memória RAM

Google Chrome
Crédito@Google

O Google Chrome é um dos browsers Web mais utilizados, a nível global. A sua navegação intuitiva e interface amigável conquistou muitos utilizadores em todo o mundo. A única queixa, comum à maior parte das pessoas que o utiliza, é que consome muita energia da bateria e ocupa muita memória RAM.

Mas eis que a Google vai responder aos pedidos dos utilizadores e lançar novos recursos que vêm corrigir estas duas situações. Os novos modos Memory Saver e Energy Saver vão reduzir de até 40% o uso de memória e melhorar a estabilidade de navegação com muitas páginas abertas.

Nas próximas semanas, estes modos vão ser disponibilizados, a nível global, para os ambientes Windows, macOS e ChromeOS.

Mais especificamente, o modo Memory Saver foi desenvolvido para todos os utilizadores que têm muitos separadores abertos ao mesmo tempo. Este modo vem reduzir o uso de memória para cada separador, o que permite aos utilizadores abrir mais separadores, sem correr o risco de tudo ficar mais lento.

Por outro lado, o Memory Saver liberta também memória dos separadores que não estão a ser utilizados no momento, direcionando-a para os sites ativos em que o utilizador está a navegar. Resultado: a experiência será mais estável, suave e fluida.

Saliente-se que qualquer separador inativo será imediatamente recarregado, assim que o utilizador necessitar.

Google Chrome
Crédito@Google

Tal como o nome indica, o modo Energy Saver foi concebido para prolongar a vida útil da bateria dos equipamentos, quando estes utilizam o browser Chrome.

Este modo será ativado automaticamente quando a bateria do dispositivo chegar aos 20%. Assim que está ativo, vai reduzir o consumo de energia, ao limitar toda a atividade em segundo plano e efeitos visuais em sites com vídeos e/ou animações.

Os novos modos Energy Saver e Memory Saver vem juntar-se aos restantes recursos adicionados recentemente pela Google como por exemplo o agrupamento de separadores de pesquisa.

Nas próximas semanas, estes modos vão ser disponibilizados num equipamento Windows, macOS ou ChromeOS perto de ti.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira. Email:monicamarques@4gnews.pt