Atualização fará do Google Chrome mais rápido mas tem um problema!

Filipe Alves

A nova atualização do Google Chrome promete fazer do browser mais rápido para Android e PC, contudo, prepara-te para gastar ainda mais RAM do seu smartphone ou computador para que tal aconteça.

Ainda que o Google Chrome seja o browser que mais se utiliza no mundo, está longe de ser o melhor no que toca aos teus recursos. O browser da Google é aquele que mais gasta RAM e mais exige do teu smartphone ou computador.

Atualização fará do Google Chrome será mais rápido mas terá um senão!

A nova funcionalidade promete o browser ainda mais rápido ao conseguir fazer um cache das páginas anteriores por mais tempo. Se já alguma vez utilizaste Safari ou FireFox no smartphone sabes perfeitamente do que falo.

Google Chrome será mais rápido mas precisará de mais RAM

Por exemplo, quando queres fazer retroceder, o Google Chrome volta a carregar a página. Ou seja, necessita novamente de uma conexão ao servidor para que tal aconteça. Contudo, com a nova atualização o Google Chrome utilizará o Cache para te dar a página. Podes ver o exemplo nos vídeos abaixo.

Isto significa que a memória da página será guardada na RAM do equipamento. Isto é, se tens um smartphone com 2GB de RAM, é possível que seja complicado estares a jogar um jogo e pares a meio para fazer simples pesquisas no Google Chrome. Não será impossível mas o teu smartphone vai ficar mais lento.

Claro que estamos a falar sem saber se a Google melhorará também o desempenho do browser a nível de RAM. O Safari e o Firefox são bons exemplos. Ambos oferecem esta possibilidade e não gastam tantos recursos quanto o Google Chrome.

Ainda não há datas de chegada da nova funcionalidade, porém, já pode ser testada por desenvolvedores.

Editores 4gnews recomendam:

Huawei irá continuar a apostar na Inteligência Artificial nos seus Kirin

Aplicação Relógio Google tem nova característica que vais gostar

Xiaomi Mi 9 SE está prestes a chegar ao mercado e a impressionar

Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.