Google apagará o lixo da Play Store ao seguir a App Store da Apple

Rui Bacelar
Comentar

A partir da segunda metade de 2021 os programadores para Android terão que se pautar pelas novas regras traçadas pela Google para a sua Play Store. À semelhança da Apple e da sua App Store, certos elementos serão banidos da loja de apps e conteúdos.

A medida visa remover o "lixo" da Play Store, fazendo tábua rasa das aplicações que usem elementos gráficos nos nomes das apps como, por exemplo, emojis na nomenclatura. Além disso, a Google quer erradicar o "clickbait" da sua Google Play Store.

As novas regras entram em vigor na segunda metade de 2021

Google Play Store
Elementos a não usar nos nomes e ícone das apps na Google Play Store.

O anúncio foi feito hoje (30) pela própria Google através do blog oficial para programadores. Aí, após uma ligeira introdução, histórico e ponto de situação, são comunicadas as alterações a entrar em vigor durante o segundo semestre de 2021.

À luz das novas regras, há mudanças significativas para o que pode constar do título (nome) de uma aplicação, os ícones das mesmas, bem como a respetiva descrição e outros elementos. São novas condições para uma app pode estar listada na Play Store.

Note-se que a data concreta para a entrada em vigor das novas regras não foi avançada, sendo apenas dito que serão aplicadas na segunda metade do ano. Até lá, os programadores terão tempo para adaptar os seus conteúdos às novas imposições.

Há 3 grandes mudanças para as apps na Google Play Store

Google Play Store
Elementos a não usar nos nomes e ícone das apps na Google Play Store.
  1. Limitação da extensão do título de uma aplicação a 30 carateres
  2. Proibição de keywords que sugiram desempenho monetário, promoção no ícone da app, ou o título e nome do programador
  3. Eliminação dos elementos gráficos no ícone da app que possam induzir o utilizador em erro

Na prática, os programadores que queiram embelezar os nomes das suas apps com emojis, ou títulos clickbait serão varridos da Google Play Store. A gigante norte-americana quer fomentar e criar uma loja mais coesa e idónea para qualquer utilizador.

Títulos claros, tanto no texto como no ícone das apps para Android

Google Play Store
Esta é a apresentação ideal de acordo com a Google.

Desse modo, comungarão de algumas das melhores práticas já em vigor na App Store. Não existirá espaço para nomes de apps sugestivas de atividades ilegais, nem falsas promessas potenciadas por ícones falaciosos ou emojis a adornar os nomes.

Mais ainda, não só os títulos como também as descrições da apps não poderão fazer promessas infundadas. Isto é, nada de indicadores como "até mais 40% de desempenho com a CPU master", entre outras descrições e títulos similares.

As aplicações que não cumprirem os requisitos definidos pela Google deixarão de poder estar presentes na Play Store.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.