França aprova imposto que vai afetar Google, Facebook e outras empresas de tecnologia

António Guimarães
1 comentário

A França aprovou uma nova taxa que irá ser aplicada a empresas de tecnologia, incluindo as gigantes americanas Google, Facebook e Amazon. Os Estados Unidos já se encontram a investigar a situação.

Este imposto irá aplicar-se a empresas de tecnologia que cumpram dois critérios: mais de 750 milhões de euros em receitas globais e mais de 25 milhões de euros em receitas na França. Empresas afetadas terão de pagar uma taxa anual de 3% das receitas geradas pelos serviços no país.

Os Estados Unidos consideram a lei 'injusta'

O Representante de Comércio dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, afirmou que este imposto está a afetar propositadamente as empresas de tecnologia americanas. Lighthizer acrescentou que o governo está a analisar esta taxa, de forma a dar uma resposta final à França e possívelmente à União Europeia.

Até mesmo os membros da Câmara do Comércio dos Estados Unidos mostraram o seu óbvio desagradado. Os membros afirmaram que esta é uma forma 'disfarçada' de taxar receitas às empresas americanas como Apple, Google, Facebook e Amazon, por receio que sejam demasiado poderosas.

Google e Facebook podem ser considerados monopólios

Verdade seja dita, empresas como o Google e Facebook oferecem serviços utilizados pelo mundo inteiro, sem concorrência nenhuma. Este tipo de situação é vista por muitos governos como um monopólio injusto que não oferece lugar a competição ou ao surgimento de outras empresas.

Seja como for, criar um imposto extra para estas empresas pode não ser a melhor solução. Porque achas que a França criou a taxa? Para 'dar uma lição' às empresas? Para simplesmente fazer mais dinheiro? Diz-nos a tua opinião na caixa de comentários.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.