Fossil Gen 6: os novos relógios Wear OS chegam com software desatualizado

Carlos Oliveira
Comentar

Tal como prometido, a Fossil apresentou hoje (30) a sua nova linha de relógios inteligentes. Os Fossil Gen 6 são a nova aposta da marca para o mercado Wear OS, porém, deixam a desejar pelo lançamento com uma versão antiga do sistema operativo.

Com o Wear OS 3 já no mercado, a Fossil toma a estranha decisão de apresentar os seus novos wearables com uma versão antiga. No entanto, podem ficar descansados, pois os Gen 6 serão atualizados para a nova versão do software no próximo ano.

Fossil Gen 6

Fossil Gen 6 combinam a elegância e tecnologia no mesmo produto

Para honrar o historial da Fossil no mercado dos relógios, os novos smartwatches apresentam-se com o design elegante a que a marca sempre nos habituou. Temos um relógio com ecrã circular em caixas de 42mm e 44mm com braceletes de aço inoxidável, couro e silicone.

Outro sinal do seu design mais elegante são os três botões físicos que servirão para interação com o software destes equipamentos. O botão do meio servirá como coroa rotativa, facilitando a navegação pelos menus do Wear OS.

Fossil Gen 6

O ecrã dos Fossil Gen 6 é de tecnologia AMOLED e todas as versões contarão com um painel de 1,28 polegadas com resolução 416 x 416 pixels. Graças à inclusão da funcionalidade Always-on Display, fica a garantia de que terás informações essenciais sempre num vislumbre.

A comandar todas as operações estará o processador mais potente da Qualcomm para este segmento, o Snapdragon Wear 4100. Terá a companhia de 1 GB de memória RAM e os utilizadores poderão desfrutar de 8 GB de armazenamento interno para guardar dados e aplicações.

Poderás realizar chamadas no pulso com os novos Fossil Gen 6

A nova gama de relógios inteligentes da Fossil prima pela inclusão de colunas e um microfone. Graças a estes componentes, os utilizadores poderão atender chamadas diretamente no pulso, sem terem de pegar no smartphone.

Fossil Gen 6

Observando agora as funcionalidades de saúde dos Fossil Gen 6, podemos dizer que estes gadgets não impressionam. Chegam com o tradicional sensor de batimentos cardíacos e conta ainda com um sensor SpO2 para medição de saturação no sangue.

Além disso, os Fossil Gen 6 podem monitorizar o sono do utilizador, bem como algumas sonecas que este tire durante o dia. A última está ausente de muitos smartwatches do mercado, mas nem assim estes se tornam mais impressionantes.

Os desportistas encontrarão nestes relógios um parceiro para a monitorização das suas aventuras. Estes podem quantificar parâmetros como o número de passos e calorias queimadas, bem como acompanhar atividades aquáticas graças à sua certificação 3ATM.

Também na bateria os Fossil Gen 6 não estão cá para surpreender. Com efeito, a marca promete 24 horas de autonomia com uso moderado, o que significa que terás de carregar o smartwatch todas as noites.

Resta dar a saber que os Fossil Gen 6 serão comercializados em três versões e com preços a condizer. Sabe-se já que a versão em aço inoxidável terá um custo equivalente a 270 €, ao passo que as restantes vão rondar os 253 €.

Os Fossil Gen 6 serão vendidos nos EUA a partir de 27 de setembro. Ainda não sabemos quando é que estes modelos chegarão aos mercados internacionais.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.