ForcePhone

Nos dias que correm começamos já a olhar com uma certa distinção para equipamentos que possuam a tecnologia Force Touch, nos quais se enquadram já equipamentos como o iPhone 6S e iPhone 6S Plus, Huawei Mate S e o Vernee Apollo. Basicamente o que esta tecnologia oferece é uma distinção sobre a forçar com a qual pressionas o ecrã do teu smartphone e consoante essa força, tarefas especificas serão executadas.

Em termos mais técnicos, isto exige às marcas a incorporação de componentes especificamente desenhados para o efeito por debaixo dos ecrãs dos seus equipamentos. Visto deste prisma, verificamos que é uma tecnologia cuja sua propagação está obrigatoriamente dependente das construtoras.

   

Vê também: “Currency”: Aplicação para iOS é simples e perfeita para pequenas conversões de moedas

Mas e se este panorama fosse alterado e uma simples aplicação pudesse massificar este tipo de tecnologia? Para responder afirmativamente a esta interrogação, investigadores da Universidade de Michigan desenvolveram o ForcePhone, uma aplicação que leva o Force Touch até qualquer smartphone.

ForcePhone_2

Segundo os próprios desenvolvedores deste projeto, o ForcePhone transformará o teu smartphone numa espécie de sonar, por forma a conseguir distinguir a força que aplicas no mesmo. A aplicação desenvolvida emite sons impercetíveis ao ouvido humano mas que podem ser captados pelo microfone e coluna do teu smartphone, sendo esta a forma como será distinguida a força aplicada. Sim, é uma coisa que faz lembrar uma celebre cena do filme “Batman: The Dark Knight”, em que Lucius Fox transforma todos os telemóveis da cidade de Gotham num sonar. Aliás, foi exatamente essa a inspiração dos responsáveis pelo ForcePhone.

Em termos práticos, o ForcePhone vai além dos conhecidos menus de contexto que temos visto nos equipamentos com esta tecnologia. Se apertares a estrutura física do teu smartphone, o ForcePhone irá reconhecer também essa pressão e funcionalidades como uma ligação automática para o 112 passam a ser uma realidade na nossa vida.

Infelizmente esta aplicação ainda não se encontra pronta para distribuição, sendo que uma versão beta será apresentada no próximo mês, numa feira a realizar em Singapura. O potencial do ForcePhone é muito e esperamos agora ansiosamente que a aplicação se torne publica para que a possamos testar.

Talvez queiras ver:


Viaandroid authority
FonteUniversity of Michigan
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.