Fluent Design System

A Microsoft acabou de oficializar a Redstone 3 como Fall Creators Update e nela mostrou que o Projeto Neon se chamará de “Fluent Design System”. Sim, é um nome ligeiramente grande e que pode não soar tão bem mas isso é apenas uma questão de tempo.

Vê também: Fall Creators Update é o nome da próxima atualização do Windows 10

   

Pela primeira vez, desde que, já há bastante tempo, foi introduzido o “Metro Design” se vêem claras transformações que, em alguns casos são bem visíveis. Contudo, o Fluent Design System não trará somente novidades estéticas mas também funcionalidades e características próprias muito bem-vindas.

Como objetivo máximo da empresa de Redmond, o novo design deverá percorrer todas as plataformas da mesma, desde o computador à Xbox, claro, com as devidas diferenças. Deste modo, a gigante americana disponibilizará tudo que os programadores necessitem para que tornem as suas aplicações em verdadeiras obras-primas, dignas da Creators e do Fluent Design System.

Por último, a Microsoft já iniciou essa mudança de design em algumas das suas aplicações, e mostrou qual o caminho que os programadores devem seguir, a empresa reconhece que a experiência de utilização de uma aplicação pode variar de utilizador para utilizador. No entanto, isso tem um propósito. Ou seja, a empresa de Redmond quer, com o Fluent Design System, que as aplicações se adaptem o melhor possível ao dispositivo onde estão a ser utilizadas.

É mais fácil gostar que soletrar tal nome…

Desde tamanhos de ecrã, gestos, toque ou outras interações, o foco desta atualização é mesmo a experiência que cada um de nós, utilizadores do Windows, retiramos do uso das mesmas e, consequentemente, da plataforma. Agora é só preciso esperar pela chagada da Fall Creators Update, que deverá acontecer nos meses de setembro ou outubro.

Para teres uma ideia mais clara de tudo isto que é o Fluent Design System, vê este o pequeno vídeo no final do artigo.

Outros assuntos relevantes:

Windows 10 S já foi anunciado e promete bem mais do que se esperava!

Microsoft confirma que são já 500 milhões os utilizadores de Windows 10

HP começa a trabalhar na sua versão de Amazon Echo com a Microsoft

FonteWindows Central

Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.