Famel E-XF: a mítica mota está de volta em versão elétrica

Bruno Coelho
Comentar

Para qualquer português que se preze, é difícil nunca ter ouvido falar da mítica marca de motorizadas nacional Famel. Esta teve grande força no século passado nas estradas nacionais, e está de volta com uma versão 100% elétrica.

Chama-se Famel E-XF, e é inspirada na XF-17 lançadas nos anos 70 no nosso país. É por isso uma versão eletrificada para os padrões modernos, com um design que pisca, e muito, o olho ao passado dourado da marca.

Famel E-XF terá autonomia estimada para 70 km

Este novo modelo usa um motor à roda com potência máxima de 5kW e velocidade máxima de 70km/h (limite legal de 45km/h). Conta com um sistema de travagem de disco à frente e atrás, incluindo o sistema CBS, para maior segurança. A bateria de 72V e 40Ah promete, com uma carga de 4 horas, autonomia estimada para 70 km (embora tal vá depender das condições).

Famel E-XF

“O regresso como marca Portuguesa de Motociclos Elétricos foi uma decisão difícil por causa da herança e cultura do passado, mas abraçamos esta missão para um futuro mais limpo e afirmarmo-nos perante as próximas gerações que serão também os nossos motociclistas, como uma marca voltada para o futuro” declara Joel Sousa, responsável pela marca.

Famel

Porquê este modelo?

“A ideia de eletrificar surgiu durante o restauro de uma XF-17 antiga que possuo; hoje em dia ainda se comercializam peças novas para restaurar o que permite uma partilha de componentes significativa”, explica Joel Sousa.

Famel

As pré-reservas vão proporcionar aos interessados o acesso a uma primeira edição limitada do modelo. O PVP (preço de venda ao público) estimado é de 4100 €, e as entregas começam a partir de 2022.

Segundo Joel Sousa seria mais “óbvio” apostar num motor a gasolina. Mas o objetivo é projetar a marca para fora, a começar pela Europa. É por isso que modelo elétrico faz sentido para a marca.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.