Facebook vai alterar os planos para a sua criptomoeda Libra

António Guimarães
Comentar

O projeto de criptomoeda Libra do Facebook tem estado em "águas de bacalhau", não tendo ainda sido lançado oficialmente. De acordo com o The Information, o projeto vai mudar ligeiramente, passando a suportar não só criptomoedas mas também moedas convencionais como o dólar americano e o Euro.

Assim sendo, a Libra poderá vir a ser apenas um serviço de pagamentos digitais do Facebook, compatível com todas as moedas e não só a Libra. Mesmo assim, a empresa parece não ter desistido de lançar a criptomoeda, com a Calibra, a "carteira" virtual, onde os utilizadores podem guardar as moedas.

O The Information avançou ainda que o plano do Facebook é permitir a qualquer pessoa com telemóvel adquirir e guardar a criptomoeda Libra, podendo posteriormente fazer pagamentos por todo o mundo com a mesma.

O desenvolvimento da Libra tem sido atribulado

Poucos meses depois de o Facebook ter anunciado o projeto Libra, a empresa foi processada pela Current, um banco start-up. A Current alegou que o logotipo da Libra é extremamente parecido com o do banco. Sejamos sinceros, de facto parece uma cópia descarada.

this is what happens when you only have 1 crayon left pic.twitter.com/2JY5JfesQD

— Current (@current) 19 de junho de 2019

Além disso, várias empresas que apoiaram a Libra no início como eBay, Paypal, Visa e Mastercard retiraram o seu apoio ao projeto, danificando bastante a estabilidade da criptomoeda. Alegadamente, as empresas mencionadas ficaram com receio das acusações de práticas anticoncorrência, apontadas a Mark Zuckerberg.

Assim sendo, para evitar quaisquer "salpicos" de controvérsia, as empresas decidiram "saltar do barco". É importante salientar que o Facebook está constantemente envolvido em polémicas, relacionadas com a forma como partilham dados dos utilizadores, ou falta de transparência dessa mesma utilização.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.