Facebook Messenger
Facebook Messenger receberá uma funcionalidade esperada por muitos

O Facebook Messenger é uma das aplicações de troca de mensagens instantâneas mais utilizada no mundo. Esta popularidade poderá ter advido da obrigatoriedade da sua utilização que, a certa altura, o Facebook impôs a todos os seus utilizadores.

Sendo a rede social de Mark Zuckerberg a mais utilizada em todo o mundo, rapidamente também se tornou na forma mais simples de mantermos contacto com os nossos amigos mais distantes. Tarefa que passou então a poder ser realizada apenas no seu Messenger, nas plataformas móveis.

Vê ainda: Sem mais segredos: Assim será o painel frontal do OnePlus 6

É natural que de vez em quando algumas novidades sejam disponibilizadas. O objetivo será manter os utilizadores contentes e satisfeitos com o serviço em causa. Para o futuro, será tempo de o Facebook Messenger receber uma funcionalidade que outras aplicações já possuem.

Segundo o que avança a publicação TechCrunch, este serviço de chat passará a permitir apagar mensagens já enviadas. Uma possibilidade que já existe no WhatsApp e Instagram, também detidos pela empresa de Mark Zuckerberg.

Tal como acontece nas aplicações supra-referidas, isto permitir-te-á remover uma mensagem que tenhas enviado, por engano, a alguém. Funcionalidade que poderá dar imenso jeito em alturas em que o teu discernimento não está no seu melhor.

Ainda não é sabido quando e como funcionará isto no Facebook Messenger

Ainda não se sabe quando é que a mesma irá ficar disponível para todos os utilizadores. Nem em que termos a mesma funcionará. Apenas foi dito que a mesma está a ser preparada convenientemente e será disponibilizada a todos os utilizadores do Facebook Messenger.

Esta notícia surge depois da polémica instalada com a remoção de algumas das mensagens enviadas por Mark Zuckerberg. Algumas mensagens enviadas pelo CEO do Facebook simplesmente desapareceram das conversações. Uma manobra feita sem qualquer aviso e que muitos levam em linha de conta como uma quebra de confiança.

Uma prática que foi, posteriormente, confirmada pelo Facebook também ao TechCrunch. Nessa declaração, um porta-voz da empresa afirmou que os seus executivos deixariam de poder retirar as suas mensagens. Com a notícia de hoje, Mark aparece nesta história como um beta tester desta funcionalidade.

Todas estas notícias poderiam ter surgido em qualquer ocasião. Porém, a empresa optou por assumi-las apenas quando confrontada com a situação. Uma prática que poderá não ter sido a melhor e que levanta ainda mais suspeição em seu torno depois do escândalo da Cambridge Analytica.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Samsung Galaxy J3 (2018). 3 variantes já receberam certificação da FCC

LG poderá ter tido o melhor primeiro trimestre de sempre em 2018

Apple confirma que o Mac Pro chegará apenas em 2019

Fonte

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal passatempo.