Facebook estará a desenvolver a sua própria assistente virtual

Carlos Oliveira

Segundo antigos funcionários da empresa Facebook, esta estará a desenvolver a sua própria assistente pessoal. Em declarações à CNBC, foi avançado que a empresa de Mark Zuckerberg quer concorrer diretamente com a Google Assistant, Alexa, Cortana ou Bixby.

O grupo do qual estas informações são originárias pertencia ao departamento de realidade virtual e aumentada da empresa. Com efeito, estes vêm agora adiantar que a Facebook está a trabalhar discretamente neste projeto desde 2018.

Facebook

No entanto, não temos quaisquer indicações de como esta nova assistente virtual irá encaixar dentro do universo Facebook. Poderá a empresa vir a disponibilizar uma aplicação própria para tal ou incorporá-la na aplicação já existente? Irá esta substituir a Alexa no Portal?

Facebook está a desenvolver uma nova forma de espiar os seus utilizadores

Posto isto, muitos se interrogarão sobre as vantagens que este tipo de serviço lhes traria. Neste momento temos já, no mercado, assistentes virtuais bem capazes, portanto, a proposta da Facebook teria de ser bem fundamentada.

Para além do que aqui refiro, muitos interrogar-se-ão igualmente sobre questões de privacidade. Importa notar que os últimos tempos não têm sido fáceis para Mark Zuckerberg e companhia nesta matéria.

Redes sociais

Assim sendo, com o desenvolvimento de uma assistente virtual, a privacidade dos seus utilizadores passaria a ter ruma linha muito ténue. Isto no sentido de que qualquer serviço do género está constantemente à escuta para captar comandos que o despertará.

O grande ponto de discórdia será o que fará a Facebook com os dados recolhidos. Até que ponto a nossa privacidade não ficará totalmente comprometida assim que a rede social tenha igualmente acesso às nossas conversas?

Tudo isto são questões que não podemos deixar de levantar perante este tipo de informações. Ainda não é certo que a Facebook venha a lançar semelhante serviço, mas a possibilidade estará certamente em cima da mesa.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.