Existe uma start-up de partilha de Pogo Sticks e não é brincadeira

António Guimarães
Comentar

O mundo da tecnologia pode dar origem a produtos bizarros. Dito isto, temos a Cangaroo, uma empresa start-up sueca que pretende iniciar um serviço de partilha de Pogo Sticks, também conhecidos como pula-pula.

Este será um serviço semelhante às eScooters ou as trotinetas elétricas que temos vindo a aparecer nas ruas. O sistema será basicamente o mesmo com o controlo e faturação senndo feitos através de uma app no telemóvel.

Este produto desperta algum cepticismo porque a Cangaroo é proprieda da CDD Company, uma empresa de publicidade. A mesma já fez anúncios arrojados para a Carlsberg e agências de viagens. É fácil então assumir que esta é apenas uma jogada publicitária.

Contudo, o CEO da Cangaroo, Adam Mikkelsen, afirma que se trata de um negócio legítimo. Apesar do aspecto caricato do produto e do seu serviço, parece que a Cangaroo está mesmo dedicada a fazer este projeto vingar.

O CEO da Cangaroo quer que o Pogo Stick seja aceite como meio de transporte

Numa entrevista com o TheNextWeb, Adam Mikkelson diz que a intenção foi criar um produto que não seja genérico e facilmente identificável. Empresas de eScooter como Bird e Lime tem esse problema, afirma o CEO.

Assim sendo, para a Cangaroo, o Pogo Stick é um meio de transporte a curto prazo. No futturo, a empresa pretende ainda que o produto seja visto como um ajudante de fitness e uma maneira divertida de fazer exercício.

Adam Mikkelsen espera que o fator nostalgia também ajude a impulsionar a adesão ao serviço. Para já, o Cangaroo terá um teste-piloto localizado apenas em Estocolmo, com cerca de 100 Pogo Sticks, implementados em fases.

Em relação à aplicação correspondente, a mesma está a ser desenvolvida para Android e iOS. Adam ainda acrescentou que no futturo a empresa pretende expandir-se para bicicletas, dependendo do sucesso do projeto inicial.

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.