Dois estudantes utilizaram iPhones falsos para sacar quase 1 milhão de dólares à Apple

António Guimarães

Um esquema elaborado por parte de dois estudantes chineses custou quase 1 milhão de dólares à Apple. O esquema envolvia enganar o serviço pós-venda da empresa com iPhones falsos.

Yangyang Zhou e Quan Jiang são estudantes nos Estados Unidos que recebiam pacotes com 20 a 30 iPhones falsos. O contrabando era posteriormente enviado para a Apple para reparações.

apple

Caso a Apple decidisse que o equipamento era legítimo, faria a reparação ou dava ao cliente um modelo novo e genuíno. A Apple tem o hábito de dar iPhones novos a clientes com equipamentos avariados.

A Apple foi enganada com cópias dos seus próprios equipamentos

Assim que tinham os equipamentos novos e legítimos, os estudantes enviavam-nos de volta para a China para revenda. O esquema foi descoberto por procuradores federais que eventualmente registaram o crime.

Os agentes começaram a suspeitar deste tipo de esquema há 2 anos em abril de 2017. Cerca de 5 caixas suspeitas foram abertas com Hong Kong como destino. As caixas continham telemóveis com sinais de contrabando.

Os estudantes utilizaram as suas informações pessoais de contacto e moradas de amigos para comunicar com a Apple. Era alegado que os iPhones não ligavam. Jiang tinha mais de 3,000 pedidos de reparação em seu nome.

fake iphone

A Apple admitiu que completou 1,493 dos pedidos, traduzindo-se numa perda de 895 mil dólares. Todos os outros pedidos foram rejeitados, no entanto.

Parece que as cópias dos iPhone estão a ficar tão realistas que até já enganam os próprios técnicos da empresa. Este é um problema que pode parecer pequeno mas é grave, se aplicado em grande escala.

A Apple não está sozinha no circulo de empresas vítimas de esquemas. Mais de 17 mil milhões de dólares foram roubados de empresas por esquemas em 2017 nos Estados Unidos.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.