Elon Musk e Tim Cook esclarecem polémica entre o Twitter e Apple

Rui Bacelar
Comentar

Foi tudo um mal-entendido. Após a visita de Elon Musk ao Apple Park, a sede da gigante de Cupertino, o responsável máximo pelo Twitter e pela Tesla, encontrou-se com Tim Cook. A reunião entre ambos os executivos terá sido bastante frutífera e aplacado os recentes rumores.

Dias após Elon Musk ter apontado um dedo acusatório à Apple perante a suposta ameaça de remoção da aplicação do Twitter da sua loja de aplicações, a App Store, Musk mostra-se agora agradado com a posição de Cook.

Indo mais além, Musk afirma que a Apple, afinal, nunca sequer considerou remover a aplicação do Twitter da sua App Store.

Elon Musk agradece a Tim Cook a visita guiada ao Apple Park

Thanks @tim_cook for taking me around Apple’s beautiful HQ pic.twitter.com/xjo4g306gR

— Elon Musk (@elonmusk) 30 de novembro de 2022

O encontro teve lugar na passada quarta-feira (30) de novembro, representando um apaziguar das relações entre ambas as empresas que chegaram a estar bastante inflamadas.

Acusando a Apple de querer remover a app do Twitter da sua app Store, afirmando posteriormente ir para "a guerra" contra a taxa de 30% imposta pela empresa de Tim Cook na sua plataforma.

Apple has also threatened to withhold Twitter from its App Store, but won’t tell us why

— Elon Musk (@elonmusk) 28 de novembro de 2022

Acima podemos observar a publicação (tweet) prévio de Musk, dando conta da ameaça no final da última segunda-feira (28). Agora, o assunto estará resolvido após ambos os líderes terem conversado na sede da própria Apple.

Para Musk, o encontro resultou numa boa conversa e, entre outras temáticas, foi resolvido o mal-entendimento alusivo à possibilidade de a app do Twitter sair da App Store. "Tim (Cook) foi claro, a Apple nunca considerou tomar essa posição", apontou Musk.

App do Twitter continuará disponível na App Store para iOS

Good conversation. Among other things, we resolved the misunderstanding about Twitter potentially being removed from the App Store. Tim was clear that Apple never considered doing so.

— Elon Musk (@elonmusk) 30 de novembro de 2022

O vídeo que acompanha o tweet original, publicado pelo líder do Twitter, mostra a sombra do próprio Musk, bem como a possível sombra de Tim Cook, refletida num dos lagos exteriores do Apple Park.

Por fim, resta saber se Elon Musk continuará a lançar farpas à taxa de 15 até 30 % imposta pela tecnológica norte-americana na sua plataforma de aplicações e conteúdos. Para já, contudo, o caso parece ter sido resolvido.

Did you know Apple puts a secret 30% tax on everything you buy through their App Store? https://t.co/LGkPZ4EYcz

— Elon Musk (@elonmusk) 28 de novembro de 2022

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt