Elon Musk desfaz dúvidas quanto a volante “normal” no Tesla Model S Plaid

Bruno Coelho
Comentar

Apresentado ao mundo no final do ano passado, o novo Tesla Model S Plaid já começou a ser entregue aos primeiros compradores. E o controverso volante “yoke” continua a dar que falar nas redes sociais.

Após as primeiras conduções ao leme deste volante do Model S Plaid, o mesmo revelou-se pouco prático em manobras mais complicadas de baixa velocidade. Pedia-se, assim, que a Tesla pudesse no futuro dar aos consumidores a opção de ter um volante “normal” neste automóvel.

Volante "normal" não é opção para o Tesla Model S Plaid

Mas parece que isso não é sequer uma opção. Um utilizador da rede social Twitter perguntou diretamente a Elon Musk: “Alguma hipótese de uma opção de volante “normal”?. O executivo respondeu com um rotundo “não”, como podes ver abaixo.

No

— Elon Musk (@elonmusk) 23 de julho de 2021

Tal como refere o The Electrek, Elon Musk olha para as vantagens de deste volante. É que o mesmo permite ter uma melhor visualização do painel de instrumentos e direção. Contudo, perde na comodidade, que é o mais importante.

Tal como podes ver no vídeo acima, este implica uma posição pouco natural dos braços em manobras mais difíceis. Por exemplo, em terrenos difíceis como gelo, será muito complicado controlar o carro se este deslizar.

O volante “yoke” é um claro fator diferenciador do Model S Plaid, e pode conquistar alguns fãs. Mas no dia a dia, será difícil comprovar a sua utilidade, e é difícil de aceitar que a Tesla não dê aos compradores a opção de escolha.

O Tesla Model S Plaid custa a partir de 130 990 euros em Portugal.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.