Ecrã do Samsung Galaxy Z Flip risca-se como plástico em teste (vídeo)

Bruno Coelho
1 comentário

"De cada vez que o dobras, não estás apenas a dobrar vidro. Estás a dobrar as leis da física" – foi assim que o ecrã do Galaxy Z Flip anunciado durante a sua apresentação. Mas pode não ser bem assim.

Um ecrã em “vidro ultrafino” num smartphone dobrável deixava-nos bastante esperançados de que o dispositivo iria ser mais resistente a riscos do que os ecrãs de plástico que vimos em terminais como o Motorola Razr ou o Galaxy Fold.

O Youtuber Zach Nelson do canal JerryRigEverything já fez o seu habitual teste de resistência ao Galaxy Z Flip. E ao contrário do que seria de esperar, o ecrã do dobrável não age como se fosse de vidro.

Ecrãs de vidro riscam-se no nível 6 deste teste. Galaxy Z Flip risca-se no nível 2

Como podes ver no vídeo acima, o ecrã do Galaxy Z Flip começa a riscar-se no nível 2 do teste. Se tens por hábito ver estes vídeos, sabes que um ecrã de vídro normal só se começa a riscar no nível 6. No nível 2 são os ecrãs de plástico que se riscam assim tão facilmente.

A verdade é que se fores fazer comparações, o Galaxy Z Flip risca-se exatamente no mesmo nível do Motorola Razr e do Galaxy Fold, que têm assumidamente ecrãs de plástico.

Zach Nelson considera que a Samsung pode estar a usar plástico híbrido com pequenas partículas de vidro, para que o possa “vender” como vidro. No entanto, o vídeo coloca claramente em causa um dos grandes pontos de venda deste terminal: o seu suposto ecrã em vidro ultrafino.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.