Cuidado se comprares um Tesla em segunda mão! Podes ficar sem algumas funcionalidades

Vitor Urbano
2 comentários

A Tesla acaba de se envolver numa nova polémica, depois de ter removido as funcionalidades de "Enhanced Autopilot" e "Full Self Driving Mode" de um Tesla Model S vendido por um stand de carros.

O Tesla Model S em questão tinha sido comprado num leilão realizado pela própria fabricante, tendo incluído as duas funcionalidades. Para sua surpresa, após a atualização de dezembro, o utilizador ficou sem acesso a estas duas funcionalidades.

Tesla afirma que o utilizador não pagou pelas funcionalidades

Apesar de ser uma tecnologia impressionante que continua a revolucionar o mundo dos carros elétricos, a possibilidade da Tesla realizar atualizações de software OTA (over the air) tem também vários riscos.

Esta capacidade coloca à disposição da marca todas as ferramentas para conseguir remover diversas funcionalidades dos seus carros, sem qualquer aviso prévio.

Tesla Model S polémica

De acordo com o site Jalopnik, os documentos de compra e venda do Model S comprovam que na altura de compra por parte do stand, as funcionalidades estavam incluídas neste modelo e respetivamente ativadas.

Infelizmente, após ter contactado a Tesla, o utilizador recebeu terríveis notícias. Basicamente a marca afirmou que após realizar uma auditoria, identificaram que este carro tinha recebido as funcionalidades por engano, acabando por ser removidas.

Curiosamente, esta foi a resposta dada pelo apoio ao cliente, apesar do cliente ter todos os documentos que comprovam o contrário. Obviamente, acabaram a resposta com a sugestão de que poderá iniciar o processo de comprar as funcionalidades caso esteja interessado.

Se comprares um Tesla em segunda mão, tem muito cuidado!

Com a popularidade dos carros da Tesla a aumentar cada vez mais, torna-se cada vez mais habitual vermos estes carros elétricos na estrada. Por isso, tem-se tornado mais fácil encontrar carros da Tesla usados.

No entanto, este tipo de incidente deve deixar um claro alerta a todos os potenciais interessados neste tipo de transação. Ao que parece, a Tesla reserva-se ao direito de remover funcionalidades em qualquer aviso prévio.

Ainda continuamos à espera de um comunicado oficial sobre este acontecimento, mas parece que os extras adquiridos ficam de certa forma vinculados ao utilizador e não ao carro.

Editores 4gnews recomendam:

2 comentários
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.