Android Ransomware Crime Cibernético
O Crime Cibernético é uma ameaça que ainda poucas empresas levam a sério

A pouco e pouco a nossa dependência da tecnologia e das comunicações em rede no nosso trabalho fez com que surgissem novas ameaças nesta área. Nomeadamente o crime cibernético, um fenómeno ainda algo desconhecido de muitas empresas nacionais.

Atualmente o risco cibernético já é uma das maiores ameaças para as empresas portuguesas e internacionais. O crime cibernético tem um impacto económico superior a 20% em perda de receitas, de clientes e oportunidades de negócio.

Crime Cibernético – O novo delito

Esta nova vertente de criminalidade tem vindo a crescer de forma acelerada a nível mundial, tendo em Portugal afetado uma em cada quatro empresas no último ano.

   

O risco cibernético significa qualquer risco de perda financeira, interrupção da operação ou dano à reputação de uma organização devido a algum tipo de falha dos seus sistemas de tecnologia de informação. Um tema que tem despertado o meu interesse pela sua crescente na esfera económica internacional.

O crime cibernético pode ser causado tanto por ataques internos (insiders maliciosos ou negligentes) como por ataques externos, resultando em prejuízos para as empresas quer a nível financeiro quer nos custos associados à interrupção do negócio (lucros cessantes). Sem esquecer a perda de informação, aos danos reputacionais, podendo mesmo levar ao encerramento das empresas in extremis.
Dados recentes apontam que apenas 8% das empresas portuguesas subscreveram em algum momento um seguro ciber, de forma a mitigarem os impactos financeiros do crime cibernético.

“O Ciber Risk em Portugal e no Mundo” foi o tema  do primeiro encontro MDS Trends – o, promovido pela MDS, multinacional de origem portuguesa líder na corretagem de seguros e consultoria de riscos, com a colaboração da S21sec, empresa tecnológica especializada líder em cibersegurança e prevenção do crime cibernético.

Como prevenir o Crime Cibernético?

Paula Rios, administradora da MDS, afirma: “O ciber risco é hoje uma das maiores ameaças às empresas, colocando em causa a continuidade e sustentabilidade dos seus negócios. No entanto, apesar de reconhecerem esta realidade, as empresas ainda não estão devidamente protegidas para enfrentar o risco cibernético, seja em termos tecnológicos e de cultura de mitigação de riscos, seja na proteção financeira através de seguros”.

Uma melhor avaliação dos ciber riscos existentes na empresa, mais consciencialização e educação sobre segurança cibernética, promoção de medidas de prevenção e implementação de melhores práticas para proteger, responder e recuperar de incidentes cibernéticos.

Estes são os grandes objetivos que serviço, que a S21sec, perita em cibersegurança com a experiência da MDS na área dos seguros. Vemos assim uma parceria que quer garantir às empresas a oferta de um serviço adaptado às características e exigências do mercado onde a sua atividade se desenvolve.

Vias21sec
FonteMDS
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).