CEO da Xiaomi mostra uma versão do Xiaomi Mi Mix 3 com 5G

Filipe Alves

CEO da Xiaomi mostra uma versão do Xiaomi Mi Mix 3 com 5GMuitos esperavam que o Xiaomi Mi Mix 3 pudesse chegar com uma versão com 5G. Tal não aconteceu. Ainda que o Mi Mix 3 seja um smartphone fantástico para o preço, muitos fãs ficaram desapontados. Eu incluído.

O Mi Mix 3 é sempre o expoente máximo da tecnologia da empresa asiática, contudo, não deixo de acreditar que podiam ter feito melhor no mais recente topo de gama.

Vê ainda: Qualcomm Snapdragon 8150 já tem data de apresentação

Embora não seja problemático para mim que o Mi Mix 3 não tenha 5G, esperava tecnologia como o sensor biométrico no ecrã do topo de gama. Algo que a empresa decidiu não incluir. Esperava ainda uma melhoria de design traseiro. Infelizmente também não aconteceu.

Xiaomi Mi Mix 3 com 5G? Para já não me entusiasma

A imagem publicada na rede social Weibo pelo CEO da Xiaomi com o Mi Mix 3 com 5G é provavelmente uma indicação que uma nova variante está a chegar. Ou então estamos a olhar para um protótipo do Xiaomi Mi Mix 3S sem sabermos.

Ou seja, a Qualcomm prepara-se para revelar o Snapdragon 8150 já no próximo dia 4 de dezembro e acredita-se que um dos focos será o 5G. Visto que é de esperar que o Xiaomi Mi Mix 3S chegará com este processador, não me parece descabido ter este pensamento.

Em suma, o CEO da Xiaomi tentou desta forma criar mais entusiasmo com o equipamento, porém, não consegui sentir. O Xiaomi Mi Mix 3 é inovador com o slide para a câmara frontal mas mesmo assim não me convenceu. Esperemos que o Mi Mix 3S me mude de ideias.

Entretanto dá uma vista ao Mi Mix 2S com um preço bem em conta e com um código promocional aqui.

Editores 4gnews recomendam:

Huawei Mate 20 Pro desaponta no final do teste de Jerry Rig Everything

LG já tem três opções para o nome do seu smartphone dobrável

Samsung Galaxy S10 não será o único com sensor biométrico no ecrã

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.