CEO da Xiaomi explica razão das cores do Xiaomi 13

Bruno Coelho
Comentar

O Xiaomi 13 foi apresentado no passado domingo pela Xiaomi na China. Este é o modelo base dos smartphones topo de gama da marca para 2023, e espera-se que chegue à Europa durante o primeiro trimestre do próximo ano.

Um dos grandes destaques do novo smartphone foram as suas cores arrojadas. À semelhança da versão Pro, vai estar disponível em preto, branco, verde pastel e azul montanha. Mas estas não são as únicas cores disponíveis.

Cores de edição limitada do Xiaomi 13 são inspiradas em automóveis icónicos

O aparelho vai estar à venda em edição limitada com configuração de 12 GB/512 GB com cores mais distintas. São estas o Vermelho Flamejante, Azul Safira, Amarelo Furação, Verde Selva e Cinza Cimento.

As cores da edição limitada do Xiaomi 13
As cores da edição limitada do Xiaomi 13

Os mais desatentos poderiam pensar que estas cores seriam apenas obra do acaso. Mas na rede social Weibo, Lei Jun explica que tudo se deve à sua paixão por carros.

O executivo refere que “quase todas as marcas de carros desportivos conhecidas têm a sua própria cor associada”. Dessa forma, cada uma destas cores é dedicada uma fabricante e/ou modelo de automóvel.

O vermelho é associado à Ferrari, enquanto que o azul imediatamente se associa à Bugatti. O amarelo é invariavelmente associado à Lamborghini, e o cinza cimento à McLaren. O verde aparece associado ao AMG GTR, da Mercedes.

Os automóveis que inspiraram as cores do Xiaomi 13
Os automóveis que inspiraram as cores do Xiaomi 13

Lei Jun remata que têm “explorado como aplicar melhor o design e a criatividade dos carros desportivos aos smartphones, para que estes possam apresentar uma experiência completamente diferente e torná-los mais interessantes”.

O sucesso de vendas destas edições limitadas mostrará, ou não, se foi uma aposta acertada.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt