Chinaaopoder 2 copy smartphone 4gnews girl

Como é sabido pela comunidade tecnológica, nos mês passado saiu uma notícia que nos dizia que alguns equipamentos chineses de gama-baixa estavam a enviar dados dos seus utilizadores para a china.

E uma das marcas afetadas foi a Blu, que era uma das que utilizava o Adups, o responsável por este “roubo” e que levou mesmo a que a Amazon deixasse de comercializar o seu equipamento desbloqueado de $50, o tão famoso Blu R1 HD.

   

E em tentativa de recuperar a confiança dos clientes a marca já removeu este software dos seus smartphones e a partir de agora irá utilizar o sistema padrão de atualizações padrão da Google, ao invés de utilizar o tão “cusco” Adups.

Marcas afetadas por este software

O CEO da marca, Sammy Ohev-Zion, afirmou também que deixariam de utilizar serviços de terceiros para os quais não possuem os códigos fonte e acrescentou por fim disse também estavam a trabalhar numa política de privacidade atualizada que explicita quais os dados que recolhe.
Estes problemas vieram deixar as pessoas um pouco de pé atrás no que toca aos smartphones chineses, no entanto, a Blu tem vindo a tentar resolver isso, esperemos que as outras marcas sigam o exemplo.

Talvez queiras ver:

Lenovo Phab 2 Pro: a Realidade Aumentada chegou ao mercado europeu por 499€

Microsoft Home Hub quer tornar o nosso PC ainda mais familiar

Leica terá a sua primeira loja em Portugal!