A cara da nova agência de eSports

Já não é novidade para ninguém, muito menos para a BITZER, que o fenómeno do gaming movimenta milhares de milhões de euros.

Há uns tempos, na Faculdade, um colega e amigo meu que é gamer explicava-me que, já na altura, a indústria dos jogos movimentava mais dinheiro que a indústria de Hollywood.

Esta nova agência de eSports tem como objectivo dar resposta aos jogadores. Mas não é a qualquer um… Apenas aos melhores, àqueles que querem fazer do gaming profissão. Imagina que és uma barra a jogar PES ou FIFA e queres fazer disso vida. A BITZER diz ter a solução.

   

Vê ainda: Blizzard lança o evento sazonal “Uprising” para o Overwatch

Desde o agenciamento de jogadores, passando pelas assessorias de markting, comunicação, sponsorship e coaching até aos eventos propriamente ditos. Ou seja, a BITZER oferece a estrutura.

A nova agência foi apresentada ontem ao público

Como agência especializada, a ainda muito jovem BITZER, é totalmente dedicada aos eSports. O modelo apresentado ontem, no EVOLUTION Lisboa Hotel, assenta numa plataforma de apoio aos jogadores e não só. Também os clubes e as empresas que queiram entrar na indústria do gaming podem contar com os serviços da agência.

Fachada do EVOLUTION Lisboa Hotel, no Saldanha.

O know-how da agência portuguesa é vasto. Os serviços integrados e especializados incluem consultoria, estratégia, design, produção, comunicação, marketing e até, imagine-se, gestão para empresas, clubes e jogadores.

Desde editoras de jogos, organizadores de torneios, associações, equipas, media e investidores. Basicamente tudo aquilo que se pode pedir para que haja sucesso para os seus clientes.

Mas terá a agência sucesso no mercado nacional?

Confesso que a área do gaming não é de todo a minha especialidade, porém a minha intuição diz-me que sim. Estou em crer que existe cá um mercado suficientemente vasto e maduro para que a BITZER consiga vingar.

Muita gente das novas gerações prefere assistir a uma final de League of Legends do que à final da Champions League. E, se virmos bem, a ideia não é nova!

Este espírito já vem desde o século passado. A mestria da organização do evento da BITZER evocou isso mesmo ao colocar, à disposição dos presentes, uma pequena competição com jogos clássicos nas saudosas máquinas Arcade.

As “velhinhas” máquinas Arcade

Já nos anos oitenta e na Era dos 8 Bits se faziam grandes torneios de Pac-Man e os “millennials” da altura, agora COO’s e CEO’s de empresas da área, passavam horas a competir.

Porém, desafio o Ariano Ângelo e o Manuel Guedes, os nossos autores na vertente do gaming e conhecedores profundos da temática, a pronunciarem-se sobre se uma agência deste género terá sucesso num mercado como o português.

Outros assuntos gaming:

Battlefield 1: Mapa gratuito sai já em Junho para membros Premium

Microsoft anuncia “Minecraft Store” juntamente com moeda virtual

Nvidia lança driver compatível com a atualização Creators do Windows 10

FonteBITZER - esports Agency
Tech Editor aqui na tua, nossa e vossa 4gnews, onde a tecnologia é falada em Português. Repórter ocasional e legal hacker. Orgulhosamente nascido no ano em que a Word Wide Web foi inventada, a Nintendo lançou o Game Boy, o primeiro episódio dos Simpsons foi para o ar e o Muro de Berlim caiu.