Atenção! Mais de 7 milhões de contas Adobe Creative Cloud foram expostas

Carlos Oliveira
Comentar

A empresa britânica Comparitech e o especialista em segurança Bob Diachenko revelaram uma falha na base de dados da Adobe Creative Cloud que expôs informações de 7.5 milhões de utilizadores. Os dados estiveram acessíveis durante uma semana a qualquer utilizador com um simples browser de internet.

Felizmente esta falha de segurança não revelou dados de cartões de crédito nem passwords. No entanto, foram expostas informações como emails, produtos Adobe utilizados, localização, data do último login, números de utilizador e outros.

Adobe

Dados expostos podem levar a potenciais esquemas de phishing

Embora os dados revelados não comprometem diretamente as tuas finanças, deves ficar atento a emails que possas receber a solicitar as tuas passwords e outras informações sensíveis. Esses emails podem chegar até ti mascarados como tendo sendo da Adobe ou algum dos seus parceiros, para te convencer a fornecer esses dados.

Caso caias nesse esquema e forneças-lhes esses dados, aí sim poderás ter problemas mais graves. Assim alertamos-te para teres bastante atenção aos emails que recebas da Adobe a solicitar este género de informação.

Em que consiste um esquema de phishing

Os esquemas de phishing sucedem quando os hackers se tentam fazer passar por entidades às quais estamos ligados. Normalmente somos levados para páginas muito semelhantes às das empresas fidedignas, o que nos leva a cair no engodo.

Nesse sentido, deves ter em atenção ao protocolo de segurança dessas páginas. Quando estamos perante uma página fidedigna, normalmente é utilizado o protocolo https. Se tal não se concretizar, não forneças nenhuma informação sensível.

Adobe já resolveu a falha de segurança na sua base de dados

A Adobe foi informada desta falha de segurança no dia 19 de outubro. Poucos dias depois, a empresa libertou um comunicado a informar estar ciente do problema e, acima de tudo, que já o havia resolvido.

Em todo o caso, é importante informar os nossos leitores para o sucedido e para terem cuidado com possíveis emails que possam vir a receber. Uma mudança dos teus dados de login também não fará mal algum, mesmo que tais informações não tenham sido expostas.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.