samsung2 assalto

Uma fábrica da Samsung foi assaltada no estado de São Paulo. Mais precisamente, em Campinas, interior do estado. O crime ocorreu na madrugada desta segunda-feira o período do crime foi de 0h às 3hs da manhã. As informações variam entre 50 a 200 funcionários do sector de distribuição que ficaram sob ameaça, todavia ninguém foi ferido.
Segundo a Polícia Civil, aproximadamente 20 criminosos imobilizaram funcionários e seguranças, sob ameaça de armas, e usaram sete camiões para levar cerca de 40 mil peças, entre tablets, smartphones e notebooks. A carga é avaliada em R$ 80 milhões, de acordo com os responsáveis pela investigação. Já a empresa informou que valor seria de R$ 14 milhões.

camião
Imagens do circuito interno da fábrica e do sistema de monitorização das estradas e auto-estradas puseram a Polícia Civil de Campinas na pista do bando que invadiu e assaltou a fábrica da Samsung.
As imagens mostram os criminosos com rádios comunicadores no interior da empresa e um dos camiões, que participou no assalto, foi  filmado em movimento numa auto-estrada.
samsung1 assaltoassalto-sansumg1

   

O bando, evitou equipamentos dotados de rastreadores, dispostos estrategicamente nos stocks, justamente para permitir a localização em caso de roubo. O detalhe revela que os bandidos conheciam a empresa e planearam o roubo com detalhes precisos.
assalto-sansumgAté o momento, ninguém foi preso, e a polícia está investigar o caso. Enquanto os responsáveis não são identificados, são grandes as chances destes produtos chegarem ao mercado e, consequentemente às mãos dos consumidores. O problema é que vender ou comprar produto roubado (também) é crime no Brasil, não descartando a hipótese do fruto do assalto ser “exportado” para países vizinhos.

O roubo na fábrica da Samsung entra para a lista de maiores assaltos já praticados em fábricas de empresas de tecnologia no Brasil. As autoridades acreditam que os ladrões fazem parte da mesma quadrilha que roubou uma carga de notebooks da LG avaliada em R$ 1,3 milhão, em Outubro do ano passado.

Visita o nosso Site, canal no Youtube  pagina no Facebook e deixa o teu comentário

Façam-nos crescer com a vossa participação, nas nossas publicações do site e redes sociais. Partilhem e comentem, ajudem a crescer a tecnologia falada em português e com este espírito de equipe.