Apple Watch é o wearable mais vendido em 2017, Xiaomi logo depoisO Apple Watch vem aos poucos a conquistar o mundo wearable. Os relógio da Apple ultrapassou a Fitbit e Xiaomi, marcas que iam liderando no setor. De acordo com as análises do IDC, o Apple Watch tem neste momento a maior cota de mercado wearable.

Estas informações são surpreendentes. Visto que a Apple apenas fabrica o “Watch”, que não é propriamente barato, é impressionante referir que o produto vendeu 18 milhões de unidades em 2017, ultrapassando em grande escala os concorrentes.

Vê ainda: Microsoft – Timeline será um recurso difícil de implementar no Windows 10

Um dos concorrentes diretos é a Xiaomi. De acordo com a IDC, a empresa asiática vendeu 16 milhões de wearables, contudo, teve uma baixa de crescimento de 0.3% face aos números do ano passado.

A Fitbit foi quem mais caiu. Em 2017 a empresa também vendeu 16 milhões de unidades, porém, teve uma queda de 31% face a 2016.

Apple Watch conseguiu ultrapassar a Xiaomi e a Fitbit em 2017

Com esta alteração a marca americana subiu 5% no marketshare em 2017. Neste momento a empresa de Cupertino domina 15.3% do mercado. A Xiaomi chega em segundo lugar com 13.6% e a Fitbit, que no ano passado tinha 21.5%, conta com 13.3% da cota de mercado.

Como utilizador do Apple Watch consigo entender este crescimento. Embora não seja grande amante do wearable é complicado encontrar melhor quando utilizas um dispositivo iOS. Já experimentei Fitbit, Android Wear ou até Xiaomi, contudo, nada consegue bater a interação entre o “Watch” e o iPhone.

A Fitbit foi a grande queda do ano. Espera-se que a marca apresente novos produtos este ano, um deles inclusive, algo idêntico ao Apple Watch. Veremos até que ponto é que consegue subir os números.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Samsung Galaxy S9 vs Sony Xperia XZ2 – o melhor do mundo Android

Xiaomi Mi 6 e Mi Mix 2 receberão Face Unlock na próxima atualização

Instagram em Android e iOS poderá suportar vídeo-chamadas

Fonte | Via 

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.