Apple vai investir mais do que se pensa num recurso que vai estar disponível, para já, em dois países

Mónica Marques
Comentar

O iPhone 14 Pro e Pro Max chegaram com recursos (e especificações) diferentes dos modelos não Pro.

Entre estes, está a comunicação por satélite que vai estar em novembro apenas disponível nos EUA e Canadá, apesar de a Apple ir fazer um investimento de 450 milhões de dólares.

Apple investe 450 milhões de dólares para avançar com comunicações por satélite

iPhone 14 Pro
Comunicações por satélite no iPhone 14 Pro só vão estar disponíveis nos EUA e Canadá, para já Crédito@Apple

Em setembro, quando lançou a nova geração iPhone 14 que inclui dois modelos Pro, a Apple anunciou que este dois terminais suportavam comunicações por satélite, mas que o recurso só estaria disponível no último trimestre do ano.

E aqui está a Apple a cumprir a sua promessa. O recurso de comunicações por satélite vai ficar disponível até ao fim do mês de novembro. Mas apenas em dois países de todo o mundo: Estados Unidos da América e Canadá.

Isto apesar de a empresa ir fazer um investimento de 450 milhões de dólares em infraestrutura de satélite.

De acordo com um comunicado emitido por Cupertino, uma grande fatia do investimento destina-se à Globalstar, um serviço global de satélites com sede no Luisiana, nos EUA. O investimento da Apple fornece melhorias críticas para a rede de satélites e estações terrestres da Globalstar, garantindo que os utilizadores do iPhone 14 possam conectar-se a serviços de emergência quando estiverem fora da rede. Na Globalstar, mais de 300 funcionários apoiam o novo serviço”.

Apple destaca que novo recurso pode salvar vidas

No mesmo comunicado, a Apple destaca a importância do novo recurso de comunicações por satélite dos seus smartphones Pro. Segundo a empresa, este é um exemplo perfeito de como o “engenho e a tecnologia podem salvar vidas”.

Recorde-se que na altura da apresentação do novo iPhone 14, a Apple deu especial destaque a esta funcionalidade que permite que os utilizadores possam contactar os serviços de emergência, via mensagem SMS, em caso de necessidade numa área sem cobertura de rede.

Infelizmente, a Apple não avançou informações sobre quando e em que mais países este recurso estará disponível, numa próxima fase.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira. Email:monicamarques@4gnews.pt