Apple terá de pagar 85 milhões em processo de violação de patentes

António Guimarães
Comentar

De acordo com a Bloomberg, a Apple perdeu um processo contra a empresa canadiana WiLan. Esta perda implica um pagamento de 85 milhões de dólares por parte da empresa de Cupertino, por violação de patentes relacionadas com tecnologias wireless.

A WiLan desenvolve tecnologias de comunicação sem fios, licenciando e patenteando essas mesmas para posterior venda a empresas como a Apple. De acordo com os documentos do processo, as patentes estão relacionadas com tecnologias sem fios como ligações Wi-Fi e Bluetooth.

apple
Loja da Apple na Quinta Avenida, em Nova Iorque

Originalmente, a soma solicitada pela WiLan era superior a 85 milhões, mas a Apple contestou a forma como a empresa canadiana chegou a esse número. Após uma reanálise baseada nas vendas dos iPhones foi então estipulado o mencionado valor de compensação.

A verdade é que WiLan já arrastava esta disputa com a Apple desde 2010. Contudo, este género de batalhas legais entre empresas de tecnologias tendem a demorar anos a ter uma conclusão.

Apple tem um rico histórico em processos

Esta disputa com a WiLan está longe de ser a única onde a Apple está envolvida, no que toca a patentes. É de recordar o caso Apple vs Samsung, onde a empresa coreana alegou que a Apple tinha violado várias patentes de tecnologia relacionadas com telemóveis. Esta disputa durou 7 anos e só se resolveu em 2018, com a decisão a favorecer a Apple.

Existe ainda o processo da Apple vs Qualcomm, que promete prolongar-se durante algum tempo. O processo foi iniciado pela Apple, que alega que a Qualcomm tem cobrado receitas injustas no uso das tecnologias compradas como componentes para processador.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.