Apple tem ideia 'fora da caixa' para melhorar a autonomia do Apple Watch

Carlos Oliveira
Comentar

O Apple Watch é um produto fantástico, mas tal como muitos dos seus semelhantes possui uma grande desvantagem: autonomia. Quem o tem já estará habituado a ter de o carregar diariamente, mas seria bem melhor se isso fosse alterado.

Com isso em mente, a Apple submeteu uma nova patente que poderá ajudar a solucionar o problema da autonomia do Apple Watch. Neste caso, o objetivo passaria por colocar baterias na bracelete do smartwatch.

Apple bracelete patente

Apple Watch poderá receber bracelete com pequenas baterias

Os documentos submetidos pela Apple retratam uma bracelete com uma moldura interna que poderá ser usada para colocar pequenas baterias no interior. Cada uma delas será isolada das restantes e poderá ser facilmente substituída.

O processo de carregamento destas células extra será também feito por indução, ou seja, carregamento sem fios. Isso indicia que o carregador que já tens para o Apple Watch possa servir igualmente para carregar a sua bracelete.

A conexão desta irreverente bracelete ao smartwatch será feita através de pins. Embora a patente refira uma bracelete em borracha como veículo para o conceito, acredita-se que este possa igualmente ser aplicado em braceletes de metal como o devido isolamento.

Observados estes documentos, é impossível não os ligar a uma tentativa de melhorar a autonomia do Apple Watch. Não vejo outro objetivo que não esse para a inclusão de pequenas baterias numa bracelete.

Desta forma, a Apple não teria de sacrificar a estrutura do seu gadget para lhe colocar uma bateria maior. Poderia manter a célula que usa atualmente e complementá-la com esta abordagem diferente.

Como sempre referimos quando nos debruçamos sobre uma patente, nada nos garante que ela se materialize. Sabemos que a Apple está a trabalhar na ideia, mas nada a obriga a ter de colocar esta tecnologia no mercado.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.