Apple forçada a suspender vendas dos iPhone agora na Alemanha

Carlos Oliveira
Apple iPhone 8 Plus Smartphone
Apple iPhone 8 Plus é um dos smartphones interditados neste mercado

A Apple tem enfrentado dias menos bons em resultado das suas disputas legais com a Qualcomm. Recentemente, a empresa de Cupertino viu-se obrigada a suspender as vendas de alguns iPhone na China por via de violações de algumas patentes da sua conterrânea.

Em suma, estas duas empresas norte-americanas estão de costas voltada há já bastante tempo. Em causa estão alegadas violações de patentes e dívidas multimilionárias entre ambas. Quezílias levadas até tribunal, que começam agora a ter efeitos práticos para os consumidores.

Vê ainda: A Apple App Store fará algo que quero ver na Google Play Store

Assim sendo, temos o caso da suspensão das vendas de todos os iPhone desde o modelo 6S até ao iPhone X na China. Tal deveu-se ao facto de um tribunal local ter considerado que o software da Apple violava algumas patentes da Qualcomm. Cenário que terá sido revogado com o lançamento da mais recente atualização do iOS 12.1.2.

Vendas de alguns Apple iPhone são suspensas na Alemanha

Agora, a Apple vê-se novamente envolta em polémica semelhante, desta feita na Alemanha. Por conseguinte, um tribunal local decidiu desfavoravelmente à empresa de Cupertino novamente pela violação de uma patente da Qualcomm.

De acordo com o acórdão, em causa estão os iPhone que combinam alguns componentes da Intel e da Qorvo. Estes modelos em particular estarão a violar uma patente referente à poupança de bateria do equipamento sempre que o modem em causa estiver ativo.

Por conseguinte, todos os equipamentos com componentes destas duas empresa serão banidos da Alemanha. Em resposta, a Apple já anunciou que irá suspender a venda dos iPhone 7, 7 Plus, 8 e 8 Plus de todas as suas lojas. No entanto, todos os modelos continuarão disponíveis em qualquer operadora ou retalhista daquele país.

Apple Qualcomm

Ainda no contexto do mercado alemão, existe outro processo a envolver as partes pendente de decisão. Este, por sua vez, está relacionado com algumas aplicações Apple presentes no iOS.

Por conseguinte, a empresa de Cupertino quererá evitar, desde já, qualquer resultado desfavorável após o lançamento de uma atualização que resolve os pontos de discórdia com a Qualcomm.

Por fim, quero apenas relembrar que a Qualcomm já se mostrou disposta a colocar um ponto final nestas disputas. A empresa de semi-condutores quer resolver amigavelmente todas as discórdias. Todavia, estas recentes decisões poderão ter sacrificado eventuais pontes de concórdia entre as partes.

Editores 4gnews recomendam:

Samsung Galaxy S10 Edge poderá ser uma realidade em 2019?

Motorola Moto G7: Todos os smartphones e Design revelados

Google Chromecast VS Chromecast Ultra: Qual o melhor para ti?

Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.