Apple MacBook Pro 2018 tem um teclado mais resistente ao pó

Rui Bacelar
Apple MacBook Pro 2018 teclado pó
A mais recente geração de computadores é especialmente resistente ao pó. ©iFixit

Pouco depois de a tecnológica norte-americana ter apresentado os novos modelos para 2018, a iFixit desvendou os segredos e o interior destes modelos. A "Anatomia de uma Borboleta", uma alusão ao mecanismo utilizado para o teclado dos novos Apple MacBook Pro 2018.

Mais concretamente, o pessoal da iFixit desmontou o Apple MacBook Pro 2018 de 13 polegadas, acabando por descobrir alguns "segredos". Entre as maravilhas de engenharia de Cupertino foi encontrada uma nova película ou membrana de silicone com uma função especial.

Vê ainda: Google Play Store: 17 Apps Premium estão grátis e tens que aproveitar

Esta membrana pode ser encontrada imediatamente por baixo das teclas "borboleta" ou "butterfly" do teclado. Na prática, ajudará a manter a máquina livre de pó, pelo menos durante alguns anos. Isto é, a manter o computador limpo durante mais tempo.

Note-se que a acumulação de resíduos, detritos e poeiras é uma das principais causas para o aquecimento excessivo dos nossos computadores. Algo que poderá eventualmente causar falhas graves no normal e salutar funcionamento do dispositivo em si.

A iFixit já desmontou o Apple MacBook Pro 2018

Esta "descoberta" da iFixit seria reforçada pela documentação da própria Apple, confirmando-se a utilização de um novo componente. Na prática temos aqui uma fina membrana que ajudará o Apple MacBook Pro 2018 a manter-se limpo durante mais tempo. Ainda assim, o pó vai eventualmente entrando na máquina, apenas o fará de forma mais lenta, isto segundo as conclusões da iFixit. Em seguida podemos ver a referida membrana.

Apple MacBook Pro 2018
Esta é a nova película que visa impedir a entrada de pó para o novo computador.

A peritagem feita pela iFixit não só desmontou todo o teclado do Apple MacBook Pro 2018 como o expôs a várias sujidades. Isto é, fragmentos de areias, migalhas e poeiras comuns para aferir a eficácia deste novo método físico.

Mais ainda, fazendo testes mais aprofundados, a iFixit expôs o teclado do Apple MacBook Pro 2018 a uma mistura especial. Sendo na prática um pó com alguns aditivos que brilham para que sejam facilmente identificados.

Desta forma a entidade norte-americana quis aferir como é que se depositaria o pó nos novos Apple MacBook Pro 2018. Mais ainda, quis ver até que ponto é que a membrana impediria a entrada de pó e manteria o funcionamento do teclado incólume.

iFixit testou o teclado do novo Apple MacBook Pro 2018

No seu blog, a iFixit afirmaria que o pó se acumulou principalmente nas porções laterais da membrana. Algo que não só permite a sua limpeza com um sopro de ar como também mantém protegido o mecanismo de borboleta.

Em seguida o mesmo procedimento foi aplicado aos Apple MacBook Pro 2017 com resultados muito menos animadores. Este modelo demonstrou ser menos resistente ao pó. Sendo neste caso mais fácil a entrada da fragmentos no interior da máquina em si.

Apple MacBook Pro 2018
Podemos aqui contemplar a barra de espaços.©iFixit

Mais uma vez, apesar de se mostrar eficaz, este sistema não impedirá por completo a entrada do pó. Com o tempo, com uma combinação da utilização do teclado e a acumulação de pó, teremos a entrada de detritos.

Isto é, com a digitação, com o tempo e a sujidade acumulada teremos sempre alguns detritos a permear esta nova barreira. Algo que não invalida o considerável reforço da sua integridade e proteção, algo que merece efetivamente ser louvado.

Barreira de silicone mantém o teclado mais protegido contra poeiras e detritos

Apesar de existir ainda assim alguma margem para falhas, o computador está mais protegido do que nunca. Ainda assim, a iFixit conseguiu danificar o teclado do novo Apple MacBook Pro 2018, utilizando para tal alguns grãos de areia cuidadosamente colocados.

Note-se ainda que para acomodar a nova barreira de silicone, sem aumentar a espessura do computador, as teclas estão mais finas. Com efeito, no Apple MacBook Pro 2018 as teclas passaram de 1,5 mm para 1.25 mm.

Difícil reparação do teclado dos Apple MacBook Pro 2018

Já numa última nota, apesar de se mostrar resistente, não sabemos como se portará esta membrana daqui a alguns anos. Ainda assim, é uma grande mais valia a sua inclusão nos novos Apple MacBook Pro 2018.

Outro dos efeitos positivos da introdução da membrana de silicone é a experiência mais silenciosa. Claro que isto pode ser a desculpa perfeita para a resolução dos problemas que estavam a afetar os teclados dos modelos anteriores.

Teclados estes que se mostraram bastante susceptíveis a toda e qualquer partícula de pó ou sujidade. Algo que facilmente impedia as teclas de serem corretamente premidas e, como tal, afetando diretamente a sua normal utilização.

Seja como for, para quem comprar um dos novos Apple MacBook Pro 2018, a introdução desta membrana é sem dúvida uma mais valia. Ainda que a sua introdução possa ter sido motivada por erros cometidos pela própria gigante de Cupertino.

Ps: o teclado do modelo de 2017 não pode ser utilizado para reparar os novos modelos. Desde a espessura das tecladas até à presença da nova barreira de silicon. Certo é que dificilmente o silêncio ao teclar foi a única motivação para a sua introdução nos novos modelos...

Assuntos relevantes na 4gnews:

Android. Já há datas de chegada para o Umidigi One e One Pro

Huawei Honor 10 GT com 8GB de RAM terá um preço apelativo

Sony Xperia XZ2 Premium só chegará à Europa no final de setembro

Fonte

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.