iPhone 8 Galaxy S8
Uma abordagem ao iPhone 8

Já se falou que os próximos iPhone chegarão com ecrã OLED, mas segundo novas informações de analistas conceituados em produtos Apple, a história não será bem assim.

De acordo com The Bell na Coreia, os próximos iPhones não serão tão revolucionários como se espera. Os analistas afirmam que a Apple está a preparar 3 novos equipamentos para nos revelar em setembro, um iPhone7S, iPhone7S Plus e um iPhone8.

É neste iPhone 8 que as modificações poderão aparecer. De acordo com alguns rumores e aspirações, espera-se que o terminal nos ofereça carregamento Wireless, ecrã curvo, sem botão Home e ainda o tal ecrã OLED.

   

Vê ainda: COO da Huawei defende os 4GB de RAM nos seus equipamentos

Ou seja, acredita-se que ainda este ano a empresa de Cupertino invista em ecrãs OLED para o iPhone, mas não tanto quanto se esperava, visto que só esse alegado modelo iPhone 8 é que trará tal tecnologia.

Os analistas referem ainda que a Apple acredita que conseguirá aviar 60 milhões de unidades para o mercado do smartphone mais revolucionário da empresa. Embora 60 milhões não seja um número grande para a Apple, tem em conta que o telefone deverá ter o valor de 4 dígitos.

Depois da tecnologia OLED estar já implementada em smartphones faz muito tempo, com terminais como da Samsung ou mesmo a LG a incorporar a tecnologia, está finalmente na hora da Apple investir num ecrã mais denso e intenso.

A grande diferença de OLED para IPS LCD a nível visual, passa por o OLED nos oferecer cores mais vistosas, carregadas e falsas. Há muita gente que prefere continuar fiel à realidade e ao ecrã IPS LCD, já eu, viver sem um OLED no bolso é desapontante.

Outros assuntos relevantes:

Exynos 9: publicação sugere Dual-Câmara para possível Samsung Galaxy

O primeiro vídeo e as novidades do OUKITEL U16 Max

Samsung Galaxy S8: chegada ao mercado poderá ser adiada

ViaPhoneArena
FonteThe Bell
Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.