Apple iPhone 14 Pro e Pro Max podem surpreender pela autonomia de bateria

Rui Bacelar
Comentar

A geração de smartphones Apple iPhone 14 estreará em setembro próximo. Entretanto, as fugas de informação revelam gradualmente os possíveis trunfos destes dispositivos móveis bastante aguardados, ainda que nem todas as fontes sejam propriamente credíveis.

Entre estas apontamos agora as informações avançadas pelo leaker iHacktu através da rede social Twitter. Note-se, contudo, que este leaker não tem provas dadas no seu segmento, pelo que as informações aqui avançadas devem ser interpretadas com cautela.

A geração Apple iPhone 14 promete um desempenho inédito em 2022

First test powerful #iphone14pro and #Iphone14ProMax - 896000 benchmark antutu plannedGpu + 35 % CPU + 42 % Crazy results announced 😱 oh my god Camera 📷 update amazing 🤩 Battery + 2h10 minutes

— iHacktu ileaks  (@ihacktu) 13 de junho de 2022

Em primeiro lugar, qualquer pessoa pode ser um leaker no Twitter. Todavia, sem provas dadas no setor, ou seja, sem a materialização das previsões avançadas de forma concertada e consistente, não podemos tomar determinada palavra como certa, ou infalível.

Tal é o caso do leaker em questão, ainda sem provas dadas. Não obstante, esta fonte sugere que os modelos de 2022 trarão novos recordes de poder de processamento. Para tal, refere um aumento de 7% nas pontuações obtidas na plataforma AnTuTu face aos modelos do ano passado, a geração iPhone 13.

Mais ainda, o leaker iHacktu especifica que estes ganhos substanciais no potencial dos telefones estão presentes nos modelos iPhone 14 Pro, bem como iPhone 14 Pro Max. Isto sugere, novamente, uma diferenciação no processador usado nos modelos base - iPhone 14 e iPhone 14 Max - face aos modelos "Pro", os verdadeiros topos de gama.

Processador Apple A16 será mais poderoso e eficiente no consumo energético

A16 promises more performance and more powerful we’ll see more than 920000 https://t.co/C99ZkYpGJm

— iHacktu ileaks  (@ihacktu) 17 de junho de 2022

Talvez a possibilidade mais surpreendente, a autonomia de bateria. É neste quesito em que a Apple é sempre cautelosa, nunca divulgando, de início, a capacidade das células energéticas. Todavia, de acordo com o leaker iHacktu teremos melhorias incríveis na autonomia de bateria, uma área que agradará a qualquer consumidor.

Segundo esta fonte o modelo iPhone 14 Pro Max chegará até às 27 horas e 10 minutos de reprodução de vídeo. Além disso, tanto no iPhone 14 Pro como no iPhone 14 Pro Max teremos uma melhoria "ótima" na duração de bateria durante a utilização normal dos telemóveis iOS de próxima geração.

Ainda assim, o principal aumento estará no "coração" dos novos telemóveis de topo. Ou seja, no Apple A16 Bionic que pode entregar até mais 42% no poder de processamento e 35% no poder gráfico da sua GPU. Caso tal se verifique, será um "salto" de gigante para a tecnológica de Cupertino.

Melhorias no processador, ecrã "sem notch" e câmaras nos iPhone 14 Pro

Apple iPhone 14 Pro

As câmaras fotográficas serão outro dos grandes pontos de inovação e melhoria, sobretudo nos modelos Pro para 2022. Contamos agora com um sensor principal de 48 MP naquele que será um dos maiores saltos de resolução da última década nestes telefones.

Por outro lado, segundo o leaker Jon Prosser, a fonte desta peça, iHacktu, não tem grande credibilidade. Seja como for, teremos que esperar sensivelmente três meses até que estas previsões possam ser desmentidas, ou, por outro lado, confirmadas.

Por fim, contamos efetivamente com um novo formato para o "notch" no topo do ecrã que, nos modelos Pro, deve assumir o novo formato, discreto e algo mais elegante.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com