Apple Glasses correm o risco de nunca chegarem ao mercado

Carlos Oliveira
Comentar

Atualmente, um dos focos da Apple é o desenvolvido do seu primeiro headset de Realidade Virtual / Aumentada. Porém, a empresa americana tem outro projeto semelhante em mãos conhecido, por enquanto, como Apple Glasses.

Os primeiros rumores davam conta do lançamento deste gadget para o mercado muito em breve. Mas segundo Mark Gurman, os Apple Glasses foram adiados indefinidamente pela tecnológica americana.

Apple Glasses adiados indefinidamente

Importa relembrar que alguns rumores indicavam que os Apple Glasses poderiam chegar ao mercado algures em 2025. Tal data não se irá confirmar porque, de acordo com o conhecido jornalista da Bloomberg, este projeto foi adiado.

Apple Glasses

Gurman afirma que os Apple Glasses foram adiados indefinidamente, ou seja, sem previsão para o seu lançamento. Já segundo alguns funcionários da Apple, este gadget poderá nunca vir a ser lançado para o mercado.

Aquilo que terá levado a Apple a adiar o lançamento deste produto prende-se com dificuldades técnicas. O processo de desenvolvimento deste produto tem colocado vários entraves aos engenheiros da empresa e a solução atual passa pelo seu adiamento.

Quero sublinhar que os Apple Glasses são um projeto distinto do tão falado headset de Realidade Virtual. O primeiro oferecerá aos utilizadores informação sobreposta ao mundo real, ao passo que o segundo levará o utilizador para um mundo totalmente diferente.

Os Apple Glasses deveriam funcionar como uma versão mais simples e mais acessível ao dispositivo de Realidade Virtual da Apple. Deveriam ser lançados para o mercado após o lançamento desse headset de RV.

Como o adiamento dos Apple Glasses, a empresa focar-se-á no desenvolvimento de uma alternativa mais acessível ao modelo topo de gama. Este deverá ser lançado em 2024 ou no início de 2025.

Um dos rumores sobre este produto indica que os Apple Glasses poderão eventualmente substituir o iPhone. Para tal, a empresa deverá incorporar várias funções dos seus smartphones neste produto, mas para já é tudo mera especulação.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.