Apple: Operadora refere variante do iPhone com Dual-SIM

Filipe Alves

A Apple sempre foi muito rígida no que toca a introduzir Dual-SIM no seu iPhone. A empresa de Cupertino nunca o fez mesmo com os pedidos para a característica a aumentar nos últimos anos.

Cada vez mais pessoas utilizam dois cartões na sua vida. Um dos cartões para vida pessoal e o outro para o trabalho. Verdade seja dita, é bem melhor ter um smartphone com Dual-SIM do que dois smartphones no bolso.

Vê ainda: Serão estes serão os preços e nomes dos próximos iPhones?

Bem como muitos de vocês, sou uma das pessoas que carrega constantemente dois smartphones no bolso e tenho de admitir que não sou um grande fã. A maior parte dos smartphones que testo regularmente são dual-SIM, algo vantajoso nesse aspeto.

Porém, quando volto para o meu terminal diário, que neste momento é um iPhone X, lá tenho de pegar no Mi Mix 2S para continuar com o segundo número ativo.

iPhone com Dual-SIM? Nem parece da Apple!

O que mais me chateia de ter dois smartphones como equipamentos diários é a canseira de os colocar a carregar. Se bem que o Mi Mix 2S e o seu carregamento sem fios ajuda neste pormenor.

Se utilizas dois smartphones percebes perfeitamente o que estou a falar e estás a ler este artigo porque, tal como eu, esperas um iPhone com dual-SIM.

De acordo com a operadora China Mobile, tal acontecerá com um dos próximos iPhones. Os novos cartazes publicitários publicados nas redes sociais da China Mobile indicam um iPhone com Dual-SIM. Já o outro mostra-nos uma maçã (Apple) com dois cartões SIM.

Por fim, os novos smartphones da Apple Já referi que não estou muito entusiasmado sobre os novos iPhones, contudo, se todos os modelos chegarem com suporte a Dual-SIM, é provável que mude de ideias.

Editores 4gnews recomendam:

Novos iPhones para 2018 não trarão melhorias significativas

Alegada página oficial mostra-nos os próximos modelos iPhone

?

Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.