Apple dominou no mercado de processadores para tablets em 2019

António Guimarães
Comentar

A empresa de estudo de mercado Strategy Analytics publicou um relatório algo específico. Trata-se da quota de mercado corresponde a fabricantes de processadores em tablets. Neste caso, a Apple levou a "coroa" com um percentual enorme de 44%.

Em segundo lugar, ficaram empatadas a Intel e Qualcomm, com 16% cada. Temos ainda 24% com marcas como Samsung, Huawei e Mediatek, completando assim o top 5.

fgfsd
Gráfico das fabricantes de processadores em tablets e as respetivas quotas de mercado. Crédito: Strategy Analytics

Desta forma, ficamos a saber que os processadores de fabrico próprio da Apple são os mais presentes no mercado de tablets. Graças às parcerias com o Android, a Intel e Qualcomm conseguem também recolher uma "fatia" da tarte, embora não tão grande como a Apple.

Assim sendo, a concorrência é forte contra a Apple. Mesmo assim, é óbvio que as outras empresas do gráfico estão longe de conseguir a mesma quota de mercado que a empresa da maçã. Produzindo exclusivamente processadores para os seus próprios tablets é uma grande vantagem.

Além disso, temos de considerar que o iPad continua a ser a escolha de eleição para muitos consumidores. Quem já está dentro do ecossistema Apple com um iPhone ou Macbook, provavelmente não irá optar por um tablet Android, quando chegar a altura de escolher.

fgfd

iPad Pro 2020 é a aposta para melhor tablet do mercado

O recém lançado iPad Pro de 2020 é a aposta mais recente da Apple, no mercado de tablets com o intuito de substituir computadores portáteis por completo. O tablet vem equipado com o processador A12Z biónico.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.