Android. Samsung é a maior fabricante de processadores, destrona a Intel

Rui Bacelar
Temos finalmente um novo líder na produção de processadores ©reuters

Naquele que foi um dos maiores reinados em toda a história da tecnologia, a Intel dominou o segmento durante...bem, décadas! Todavia, em 2017 a coroa passaria para a Samsung. A fabricante sul-coreana destrona assim a Intel para se tornar na maior fabricante de processadores do mundo. Já para não falar na sua dominância no segmento Android.

Como é que sabemos isto? Comparando os relatórios fiscais oficias, publicados recentemente por ambas as empresas. Aliás, a primeira publicação a avançar isso mesmo foi a Bloomberg. Segundo esta publicação de renome, a mudança na liderança foi detectada ao comparar os valores de receitas obtidos pela Intel e pela Samsung no quesito dos processadores.

Vê ainda: d

Com a Intel a gerar 62.8 mil milhões de dólares em receita anual com a produção de processadores. Por sua vez, a Samsung declarou um total de 69.1 mil milhões de dólares em receitas com a fabricação e venda dos seus processadores (divisão de semi-condutores). Poderão consultar aqui o relatório oficial da Intel.

Note-se ainda que a comparação não é totalmente justa ou desprovida de "quês". Isto porque, como bem sabemos, a Intel produz processadores x86. Segmento em que continua a ser líder com uma enorme margens sobre os seus rivais directos como a AMD. Já por outro lado, a Samsung produz sobretudo processadores para dispositivos Android. Seja para os seus Samsung Galaxy ou para qualquer outra fabricante Android.

Samsung ultrapassa a Intel, processadores para Android cada vez mais procurados

Mais ainda, no relatório oficial e nos lucros da fabricante sul-coreana entram também os proveitos obtidos com a produção de módulos de armazenamento (memórias). De qualquer forma, certo é que, a nível monetário, o departamento de semicondutores da Samsung é já maior do que o departamento da Intel. Aliás, aqui a crescente procura pelos processadores Exynos da Samsung por outras fabricantes Android também tem ajudado bastante. Estes são cada vez mais populares, sobretudo junto das marcas chinesas.

A fabricante sul-coreana produz vários tipos de processadores. Acima temos o "7872" de gama média.

Para além dos detalhes técnicos e financeiros, o departamento de produção de memórias da Samsung revela-se cada vez mais crucial para a marca. Aliás, para todo o futuro da tecnologia. Bem mais importante até do que os processadores convencionais da Intel para computadores.

Do mercado Android às TV's, a Samsung é cada vez mais importante

Hoje em dia já é difícil encontrar um smartphone, Android e não só, que não tenha pelo menos um componente fabricado pela Samsung.

Desde memórias, RAM, chips, processadores e uma vasta panóplia de semi-condutores, a fabricante sul-coreana. tem sempre e cada vez mais uma palavra a dizer.

No seu relatório oficial a Samsung afirma que a procura pelos módulos de armazenamento em estado sólido (SSD's) continuará a crescer. Componentes que serão utilizados quer em servidores quer pelas fabricantes Android em todas as suas aplicações e produtos. O futuro, esse passa pela Samsung.

Para além de ser a maior fabricante mundial de smartphones Android é uma das maiores produtoras de ecrãs OLED e não só. É também uma das maiores produtoras de TV's, eletrodomésticos e muito mais. A sua escala é verdadeiramente avassaladora e é certo que continuará a crescer em 2018.

Assuntos relevantes na 4gnews:

S8 – Diferentes apenas no preço?

d Oreo para o Honor 8 afinal pode chegar com a EMUI 8.0?

Galaxy S9 terá que puxar pela divisão mobile da marca

Via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.