Android Oreo 8.1 já chegou e desperta todo o poder dos Google Pixel 2

Rui Bacelar
Google Pixel 2 Android Oreo
Trata-se do primeiro smartphone a usar um processador para este efeito.

Lembram-se de termos noticiado, aqui, um segredo bem guardado nos novos Google Pixel 2? A presença de um autêntico processador secundário que permanecia adormecido nestes smartphones? Pois bem, agora que a Google disponibilizou a segunda versão "beta" do Android Oreo 8.1 todo este poder acaba de ser ativado. Eis as novidades.

Vê ainda: Google vai criar um smartphone Android focado no YouTube?

Com efeito, a gigante tecnológica anunciou através do seu blog oficial que a segunda versão do Android Oreo 8.1 para programadores já estava disponível para download. A tecnológica de Mountain View incluiu um grande trunfo nos seus novos smartphones, o Google Pixel 2 e Google Pixel 2 XL. Mais concretamente, um pequeno processador secundário no seu interior.

Android Oreo 8.1 vem despertar todo o potencial dos Google Pixel 2

Mas, para que precisam eles de outro processador se já contam com o Snapdragon 835 da Qualcomm? Boa questão.

No seu interior encontramos o Pixel Visual Core, um centro de processamento dedicado à imagem, ao processamento de imagens e gráficos. Um boost para a performance em fotografia, vídeo e qualquer tarefa que exija melhores gráficos.

Note-se que até agora este SoC secundário estava adormecido. Finalmente, com o Android Oreo na sua versão 8.1 poderemos ficar a conhecer o verdadeiro potencial dos smartphones e deste segundo núcleo presente no Google Pixel 2 e Pixel 2 XL.

Mais ainda, esta é a última versão "beta" do Android Oreo antes da disponibilização da versão final. Esta atualização / nova versão traz várias melhorias que podem consultar no blog oficial da tecnológica mas a mais importante é mesmo a ativação deste segundo "coração".

Android Oreo Google Pixel 2
A versão XL do novo smartphone da Google @iFixit

O núcleo visual, ou Visual Core é um SoC autónomo. Presente tanto no Pixel 2 como no Pixel 2 XL auxiliará os utilizadores a capturarem melhores fotografias. Esse é o seu grande propósito e a marca nunca explicou porque é que o não ativou logo à partida. Ou porque é que o incluiu em primeiro lugar. Trata-se de um processador completamente desenhado pela Google.

Servirá, entre outras coisas, para que as fotografias no modo HDR+ sejam muito mais rápidas a capturar. De qualquer forma, está agora acordado e estamos ansiosos por ver aquilo de que é capaz. Será que fará maravilhas na qualidade fotográfica? Na rapidez do smartphone? Esperemos para ver.

De qualquer forma, caso sejas um programador e estejas inscrito no programa Beta ou "Developer Preview", passa no link abaixo - fonte - e já podes descarregar esta nova versão do Android Oreo.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Huawei Mate 10 Pro fica irresistível com aplicação da Google Play Store!

Doogee BL12000 é oficial – Bateria gigante e duas câmaras wide-angle

Estás à procura de um drone de qualidade? Vê estes 3 produtos!

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.