Amazon Prime Video faz aquilo que a Netflix devia copiar

Bruno Coelho
Comentar

A Amazon Prime Video não é a plataforma de streaming mais popular do mundo. Mas com o advento do serviço Amazon Prime a chegar a Portugal, tornou-se num dos serviços mais apetecíveis para o público português.

Amazon Prime Video lança app dedicada para Mac

Agora a Amazon Prime Video fez aquilo que a Netflix devia copiar. Foi lançada uma app dedicada para Mac, possibilitando aos utilizadores dos computadores da Apple poderem aproveitar funcionalidades disponíveis noutras plataformas.

Esta é a interface da nova app da Amazon Prime Video para Mac
Esta é a interface da nova app da Amazon Prime Video para Mac

Descarrega as tuas séries preferidas da Amazon Prime Video e vê offline no Mac

A app já se encontra disponível gratuitamente na App Store, e permite aos utilizadores descarregarem as suas séries ou filmes preferidos para o computador. Desta forma, se fores de viagem ou simplesmente para um sítio onde não tenhas ligação à internet, podes ver os teus conteúdos offline sem problemas.

Um pormenor importante é que a app te permite escolher a qualidade com que reproduzes mas também com que descarregas os teus conteúdos. Além disso, poderás usar funcionalidades como o Picture-in-picture, para veres os teus conteúdos enquanto realizas outras tarefas no computador.

Vê as tuas séries preferidas da Amazon Prime Video no teu Mac online e offline
Vê as tuas séries preferidas da Amazon Prime Video no teu Mac online e offline

Também tens acesso à funcionalidade de AirPlay, para transmitires os conteúdos em dispositivos compatíveis. Além disso, é possível comprar conteúdo diretamente na app se essa for a tua vontade.

Um pormenor a ter em conta é que esta app não funciona em versões do macOS antigas. Isto significa que terás de ter instalado o anterior macOS Big Bur, ou então o mais recente macOS Monterrey.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.