103 Milhões de dólares em Bitcoin perdidos numa lixeira

Filipe Alves

103 Milhões de dólares em Bitcoin perdidos numa lixeira

Quem é que já viu o episódio de The Big Bang Theoryem que Sheldon e amigos perderam o computador que estava armazenado os seus Bitcoin? Pois bem, esta história quase que nos traz à memória o episódio da conhecida série.

O americano James Howells dedicou-se em 2009 a minerar Bitcoin através do seu portátil. Foram mais de 7500 Bitcoins minerados, numa altura onde minerar a criptomoeda era bem menos exigente do que é hoje.

Vê ainda: OnePlus 5T receberá o Android Oreo (Beta) nos próximos dias

Certa altura a sua namorada reclamou do barulho intenso do computador o que o fez vender a máquina no Ebay. James sabia que o Bitcoin poderia um dia dar alguma coisa por isso manteve o seu hard-drive numa gaveta bem guardada.

Passado uns anos a criptomoeda continuava com um valor baixo e acabou por descartar o seu hard-drive para o lixo. Mal sabia ele que uns anos mais tarde aquela antiga peça de computação valeria nada mais nada menos do que 103 milhões de dólares.

O crescimento de Bitcoin em 2017 foi simplesmente inacreditável!

Em certa altura aqueles 7500 Bitcoin chegaram mesmo a valer 142 milhões de dólares, contudo, com o valor do Bitcoin neste exacto momento a 13.815$ dá-nos a "pequena" quantia de 103 milhões.

James já pediu à Câmara Municipal autorizações para procurar na lixeira que conta com mais de 200 toneladas de lixo, mas a permissão foi negada. Neste exacto momento estão mais de 100 milhões numa lixeira nos Estados Unidos e sinceramente não me importava nada de arranjar 100 pessoas para me ajudarem a procurar esse perdido hard-drive.

O Bitcoin teve uma queda forte a meados de dezembro, porém, acredita-se que volte a crescer exponencialmente já em 2018. John McAffee referiu mesmo que acredita que a criptomoeda valha 1 milhão de dólares em 2022. Caso tal aconteça, consegues imaginar a dor de James?

Assuntos relevantes na 4gnews:

Samsung Galaxy S9 – Este vídeo dá-nos o perfeito olhar ao smartphone

Sony Xperia sem margens – Será este o primeiro olhar ao smartphone?

HTC apostará mais no marketing do que em novos produtos em 2018

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.