ZTE revela o seu novo smartphone com câmara debaixo do ecrã

Carlos Oliveira
Comentar

A chinesa ZTE foi a primeira marca a apresentar um smartphone com a câmara frontal embutida no ecrã. A qualidade desse sensor é questionável, mas é esperada uma nova geração dessa tecnologia no ZTE Axon 30.

Através da rede social Weibo, a ZTE mostrou a primeira imagem oficial do Axon 30. Tal como se previa, este smartphone destaca-se pelo seu ecrã sem nenhuma interrupção para a câmara frontal.

ZTE Axon 30

Na parte frontal, o ZTE Axon 30 destaca-se pelo seu ecrã completo. Não temos um punch hole nem notch porque a sua câmara frontal está escondida debaixo do ecrã.

Os rumores apontam para a utilização da segunda geração desta tecnologia que deverá melhorar a qualidade das imagens capturadas. Esse foi o principal defeito apontado ao Axon 20 5G, o primeiro smartphone do mundo com uma câmara embutida no ecrã.

Na traseira, destaca-se o módulo da câmara semelhante ao do Huawei P50. Ou seja, dois grandes círculos que irão albergar os vários sensores que comporão a câmara traseira do smartphone.

Apresentação oficial do ZTE Axon 30 será na próxima semana

Com a divulgação da primeira imagem oficial do ZTE Axon 30, a marca revelou ainda a data de apresentação oficial do smartphone. Será no dia 27 de julho que todos os segredos deste equipamento serão desvendados.

Embora a ZTE ainda não se tenha pronunciado sobre as especificações do Axon 30, já temos uma boa ideia do que esperar. Com efeito, este modelo será equipado pelo processador Qualcomm Snapdragon 870, terá até 12GB de RAM e até 512GB de armazenamento interno.

O seu ecrã será um OLED de 6,92" polegadas, com uma resolução Full-HD+. Além da câmara frontal embutida no mesmo, contará com um sensor de impressões digitais no ecrã.

Relativamente a câmaras, espera-se um conjunto traseiro de 64MP, 8MP, 5MP e 2MP. Já na parte frontal será implementado um sensor de 16MP. Não esquecer a sua bateria de 4100mAh com carregamento rápido de 55W.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.