YouTube volta atrás na remoção de certificados após reclamações dos criadores

António Guimarães
1 comentário

Criadores de conteúdo no YouTube estão mais uma vez a revoltar-se contra a plataforma. Desta vez é porque o YouTube não se decide pois removeu os certificados dos canais e voltou a colocá-los novamente numa questão de horas.

Ainda ontem falámos de como o YouTube começou a remover os 'vistos' nos canais, afirmando que vão alterar a forma como serão atribuídos. A plataforma anunciou que seria mais restrita a atribuir certificados aos canais, além de mudar o aspeto do visto.

creatoe check

No entanto, na sexta-feira o YouTube voltou atrás com a sua decisão após muitas reclamações de criadores de conteúdo. Ter aquele visto no canal é simplesmente uma confirmação de identidade mas é considerada por muitos como um símbolo de estatuto no canal, daí a indignação. O Twitter também utiliza o mesmo sistema.

A CEO do YouTube Susan Wojcicki afirma que todos os canais que tiveram o seu visto removido serão restabelecidos. Contudo, as novas políticas de critério irão entrar em acção para canais no futuro.

Quem está elegível para ter o certificado no seu canal

Anteriormente, bastava teres um canal com 100 mil subscritores para poder pedir o visto no teu canal. As coisas serão diferentes pois os critérios vão mudar consideravelmente. Detalhes como a reputação do canal e autenticidade do mesmo serão os novos critérios.

Os mesmos não são muito explícito mas esta parece ser uma tentativa do YouTube 'limpar' o seu conteúdo, promovendo canais que não sejam considerados ofensivos. Como sempre, esse tipo de situação é bastante subjetiva portanto vamos ver até que ponto estes novos critérios vão resultar.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.