Youtube liberta desejada funcionalidade para utilizadores não Premium

Carlos Oliveira

A aplicação do Youtube tem vindo a sofrer constantes melhorias que fazem da nossa experiência cada vez mais próxima da que temos no computador. A mais recente traz finalmente o modo picture-in-picture para todos os utilizadores não Premium da plataforma.

Até agora, apenas os utilizadores não Premium residentes nos Estados Unidos da América tinham acesso a esta possibilidade. Contudo, relatos provenientes da Itália mostram-nos que esse cenário começa a mudar.

Youtube

Com esta nova funcionalidade, passará a ser possível continuar a visualizar um vídeo mesmo com a aplicação do Youtube minimizada. Com efeito, esse conteúdo passará a ser reproduzido numa pequena janela, tal como já acontece dentro da aplicação.

Youtube disponibiliza modo picture-in-picture para todos fora dos EUA

Até agora, apenas os utilizadores Premium tinham acesso a esta fantástica funcionalidade. No entanto, tudo indica que todos passarão a ter a mesma possibilidade de agora em diante.

Para saberes se esta já chegou ao teu smartphone, o processo é bastante simples. Abre a aplicação do Youtube, inicia a reprodução de um vídeo e sai da aplicação. Assim irás saber se o modo picture-in-picture já chegou ao teu smartphone ou se a reprodução irá ser interrompida, como acontecia até agora.

Com a chegada desta funcionalidade, será muito mais cómodo desfrutar da enorme biblioteca de conteúdo presente no Youtube. Passará então a ser possível consumir tudo isso enquanto estás a fazer outras tarefas.

Imagina que estás a ver um vídeo, mas de repente lembras-te que tens de enviar uma mensagem a um amigo. Pois bem, assim que esta nova funcionalidade chegar ao teu smartphone, poderá fazer as duas coisas ao mesmo tempo.

O Youtube é uma plataforma cada vez mais completa e estas pequenas melhorias são apenas o reflexo do esforço levado a cabo pela Google. 

Editores 4gnews recomendam:

Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.